Make your own free website on Tripod.com

 TRINDADE - Uma Síntese para apresentar o DEUS único

 

A DIVINDADE: Três pessoas em um Ser?

O ensino fundamental da Trindade ortodoxa é a idéia de que há três pessoas distintas em um Ser (uma substância), chamada Deus.

A Doutrina da Trindade claramente afirma que Deus não é uma pessoa, mas sim "uma unidade de três pessoas co-eternas." (Nisto Cremos p. 31). Esta "unidade de três pessoas co-eternas" se for apresentada como sendo uma pessoa, coloca os defensores da Trindade como criadores de um novo Deus, um Deus resultante da união de outros três.  

Dentro desta lógica trinitariana, agora passam a existir não apenas três pessoas divinas, mas sim quatro. Três pessoas que já são conhecidas e a quarta que é a síntese das outras três. Esta quarta pessoa é quem é o Deus dos trinitarianos.  

É claro que os trinitarianos não podem admitir que na realidade eles ensinam isto e, na tentativa de fugir de sua loucura, eles transitam do triteísmo (três deuses) à despersonalização de Deus, passando antes porém, pelo modalismo (três formas de Deus se manifestar) e pela destituição das pessoas divinas dos seus atributos incomunicáveis: onipotência, onipresença, imortalidade e oniciência.  

Triteísmo de Froom

A Doutrina da Trindade é triteísta quando afirma que as pessoas divinas sendo tão  distintas uma das outras, permanecem distintas até o ponto de não formarem uma nova pessoa. Se elas são distintas ao ponto de serem encaradas como pessoas individuais, então decididamente os trinitarianos estão falando não apenas de três pessoas, mas também de três Deuses.  

Para os trinitarianos,  o Pai é Deus, o Filho é Deus e o Espírito Santo é Deus. Caso eles sejam pessoas individuais, como não admitir a existência de três Deuses?  

Na tentativa de escaparem ao triteísmo, muitos trinitarianos mergulham no modalismo. Para esta definição trinitariana, Deus é um só, uma única divindade que, dependendo da ocasião, faz uso de uma das suas três formas: Pai, Filho ou Espírito Santo. Mas...

Jesus chamou seu Pai de seu Deus na terra!! E continuo chamando de seu Deus no céu, não será porque seu Pai sempre foi o seu Deus?

"Disse-lhe Jesus: Deixa de me tocar, porque ainda não subi ao Pai; mas vai a meus irmãos e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus." João 20:17

Seu Deus na terra, e vejamos a promessa maravilhosa de Cristo aos vencedores:

"A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, donde jamais sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, da parte do meu Deus, e também o meu novo nome." Apocalipse 3:12.

Seu Deus no céu:

É no céu que Jesus se sujeita ao seu Pai!

Tudo esta sujeito a Cristo devendo obediência a Ele, mas Cristo se sujeita a Deus, o Pai devendo obediência a Ele.

"E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o próprio Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos." I Corintios 15:28.

Foi no céu que Jesus não teve por usurpação ser igual a Deus:

"Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra," Filipenses 2:5-10

Foi no céu que Jesus (YESHUA) não teve por usurpação ser igual a Deus, é no Céu que Ele (Jesus) tem a forma de Deus (ser em forma de Deus é uma coisa, ser Deus é totalmente diferente).

É no Céu que Deus é o cabeça de Jesus:

"Quero, porém, que saibais que Cristo é a cabeça de todo homem, o homem a cabeça da mulher, e Deus a cabeça de Cristo." I Corintios 11:3.

Versículos que provam um Deus, o Pai e Seu Filho:

Isaias 45:21 - "Pois não há outro Deus, senão eu, Deus justo e salvador não há alem de mim."

Judas 1:25 -
"Ao único Deus , Salvador nosso, por Jesus Cristo, nosso Senhor, seja glória e majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, agora, e para todo sempre, amem."

Exodo 20:3 - "Não terás outros deuses diante de Mim" (singular)

Exodo 20:7 - "Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão." (singular)

Filipenses 2:6 - "Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus ."

Deuteronômio 4:5 - "A ti te foi mostrado para que soubesses que o Senhor é Deus; nenhum outro há senão Ele."

Malaquias 2:10 -
"Nem todos temos o mesmo Pai ? Não nos criou um mesmo Deus?"

Marcos 12:29 -
"E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor."

I Coríntios 8:4 -
"... e não há outro Deus, senão um só."

Efésios 4, 5 e 6 - " Um só Senhor .... um só Deus e Pai de todos ."

Tiago 2:19 - "Tu crês que há um só Deus; fazes bem."

Isaias 44:6 -
"Eu Sou o Primeiro e Eu Sou o Último. Forá de mim não há Deus."

Isaias 44:8  - "Há outro Deus além de Mim ? Não há outra Rocha que eu conheça."

Isaias 45:5 - "Eu Sou o Senhor e não há outro. Fóra de mim não há Deus."

I Corintios 8:6 - "todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem existimos; e um só Senhor, Jesus Cristo , pelo qual são todas as coisas, e nós também, por ele."

João 17:3 - "E a vida eterna é está: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro , e a Jesus Cristo, a quem enviaste."

João 14:28 - "Ouviste que eu vos disse: Vou e venho para vós. Se me amasseis, vertamente exultarieis por ter dito:  Vou para o Pai; porque o Pai é maior do que Eu."

I Corintios 15:28 - "Quando, porém, todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, o próprio Filho, também se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou para que Deus seja tudo em todos."

Judas 1:25 - "ao único Deus, nosso Salvador , mediante Jesus Cristo, Senhor nosso, glória, majestade, império e soberania, antes de todas as eras, e agora, e por todos os séculos. Amém."

II João 1:3 - "a graça, a misericórdia e a paz, da parte de Deus Pai e de Jesus Cristo, o Filho do Pai, serão convosco em verdade e amor."

I Timóteo 2:5 - "Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem,"

Apocalipse 5:13  - "Então, ouvi que toda a criatura que há no céu e sobre a terra, debaixo da terra e sobre o mar, e tudo o que neles há, estava dizendo: Àquele que está assentado no trono e ao Cordeiro seja o louvor, e a honra,e a glória, e o domínio pelos séculos dos séculos." (só fala em 2)

Romanos 16:27 - "Ao único Deus, sábio, seja dada gória por Jesus Cristo para todo o sempre."

Efésios 5:5 - "Reino de Cristo e de Deus."

Tiago 2:19 - "Crês, tu, que Deus é um só? Fazes bem. Até os demônios crêem e tremem."

II Coríntios 3:17 - "Ora o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade."

Romanos 6:9 - "Sabendo que, havendo Cristo ressusitado dos mortos, já não morre; a morte não mais terá domínio sobre ele."

Atos 1:6-7 - "Então, os que estavam reunidos lhe perguntaram: Senhor, será este o tempo em que restaures o reino a Israel? Respondeu-lhes: Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela sua exclusiva autoridade "

O Deus do Apóstolo Paulo:

Juntamos algumas passagens que retratam a crença do apóstolo Paulo em um só Deus e em Seu Filho Jesus:

Romanos 1:7 - "A todos os amados de Deus, que estais em Roma, chamados para serdes santos, graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo."

Romanos 15:6 - "para que concordemente e a uma voz glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo."

1 Coríntios 1:3 - "graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo."

1 Coríntios 8:6 - "todavia, para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem existimos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós também, por ele."

2 Coríntios 1:2-3 - "graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação!"

2 Coríntios 11:31 - "O Deus e Pai do Senhor Jesus, que é eternamente bendito, sabe que não minto."

Gálatas 1:1 - "Paulo, apóstolo, não da parte de homens, nem por intermédio de homem algum, mas por Jesus Cristo e por Deus Pai, que o ressuscitou dentre os morto"

Gálatas 1:3-4 - "graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do nosso Senhor Jesus Cristo, o qual se entregou a si mesmo pelos nossos pecados, para nos desarraigar deste mundo perverso, segundo a vontade de nosso Deus e Pai,"

Efésios 1:2-3 - "graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo,"

Efésios 1:17 - "para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele,"

Efésios 5:20 - "dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo,"

Efésios 6:23 - "paz seja com os irmãos e amor com fé, da parte de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo."

Filipenses 1:2 - "graça e paz a vós outros, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo."

Filipenses 2:11 - "e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai."

Colossenses 1:2-3 - "aos santos e fiéis irmãos em Cristo que se encontram em Colossos, graça e paz a vós outros, da parte de Deus, nosso Pai. Damos sempre graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vós,"

1 Ts 1:1-3 - "Paulo, Silvano e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses em Deus Pai e no Senhor Jesus Cristo, graça e paz a vós outros... recordando-nos, diante do nosso Deus e Pai, da operosidade da vossa fé, da abnegação do vosso amor e da firmeza da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo,"

1 Ts 3:11-13 - "Ora, o nosso mesmo Deus e Pai, e Jesus, nosso Senhor, dirijam-nos o caminho até vós,... a fim de que seja o vosso coração confirmado em santidade, isento de culpa, na presença de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus, com todos os seus santos."

2 Ts 1:1-2 - "Paulo, Silvano e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses, em Deus, nosso Pai, e no Senhor Jesus Cristo, graça e paz a vós outros, da parte de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo."

2 Ts 2:16 - "Ora, nosso Senhor Jesus Cristo mesmo e Deus, o nosso Pai, que nos amou e nos deu eterna consolação e boa esperança, pela graça,"

1 Timóteo 1:2 - "a Timóteo, verdadeiro filho na fé, graça, misericórdia e paz, da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor."

2 Timóteo 1:2 - "ao amado filho Timóteo, graça, misericórdia e paz, da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor."

Tito 1:4 - "a Tito, verdadeiro filho, segundo a fé comum, graça e paz, da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Salvador."

Filemon 1:3 - "graça e paz a vós outros, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo."

Esta é a crença do apóstolo Paulo, ele cria em "um só Deus, o Pai... e um só Senhor... Jesus Cristo" - I Cor. 8:6. E você?

Marcos 12:29, Jesus apenas repetiu Deuteronômio 6:4 - "E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor."

I Cor. 11:3 -
“Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo varão, e o varão, a cabeça da mulher; e Deus, a cabeça de Cristo”

Filipenses 2:9-11 - "Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho, dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra. E toda a lingua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus o Pai."

Mateus 16:13-17 -
"Quem dizem os homens ser o Filho do homem? E eles disseram: Uns João Batista, outros Elias, e outros Jeremias ou um dos profetas. Disse-lhes ele: E vós quem dizeis que eu sou? E Simão Pedro repondendo , disse: Tú é o Cristo, Filho de Deus vivo. E Jesus respondendo-lhe, disse: Bem aventurado és tu, Simão Barjonas, porque não to revelou a carne e o sangue, mas meu Pai que está no céu."

Isaias 53:10 - "Vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor, e o meu servo, a quem escolhí; para que o saibais, e me creais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá."

O ESPÍRITO

Primeiramente o Espírito não é uma pessoa! O Espírito Santo não é uma pessoa distinta do Pai e do Filho. O Espírito Santo é impessoal, não é portanto, parte de nenhuma trindade. É sim, o modo pelo qual DEUS realiza suas obras...

1. O Espírito é o Poder de Deus: O Espírito não é uma pessoa distinta do Pai e do Filho porque é o poder de Deus. O Espírito Santo é o poder impessoal de Deus. Cada obra que Deus executa, é através de Seu poder, ou Espírito.

“Espírito” é traduzido do hebraico ‘ruach' e ‘neshamah'e da palavra grega ‘pneuma'. Pneuma nas escrituras gregas, é  ruach nas Escrituras hebraicas. Espírito significa, ar, respirar, poder, animação, e manifestação do poder de alguém. O Espírito de Deus é o poder de Deus.

NOTA: Espírito Santo é antes de tudo a forma com que DEUS ou até mesmo o Jesus Glorificado se manifestam entre nós pois... Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. João 4:24

2. A palavra “Espírito” é neutra: O Espírito não é uma personalidade porque a palavra grega “pneuma”, traduzido Espírito, é neutra, em gênero. Artigos e pronomes referentes  à essa palavra também são neutros. (*ref.”o Novo Testamento Grego-analítico).

3. Símbolos Impessoais: O poder impessoal de Deus, o Espírito Santo, é designado na Bíblia por símbolos impessoais. Alguns desses são: vento (João 3:8 / Atos 2:2), fogo (Mat. 3:11), água (João 7:37-39), óleo (Sal. 45:7 / Isa. 61:1), selo (Ef. 1:13), pomba (Mat. 3:16), lâmpadas (Apoc. 4:5), e fôlego.

4. Características Impessoais: As características impessoais do Espírito revelam-no como o poder de Deus e não como uma personalidade. O Espírito é mencionado como sendo “derramado” (Isa. 32:15 / 44:3 / Joel 2:28 / Atos 2:17 / 10:45), “espargido, vertido” (Tito 3:5-6), assoprado (João 20:22), e enchendo pessoas (Atos 2:2-4) e (Ef. 5:18). Jesus foi ungido com este poder (Atos 10:38); Homens foram batizados nele (Mat. 3:11; Atos 1:5; I Cor. 12:13) e beberam dele (I Cor. 12:13); é comparado ao vento que sopra (João 3:8). O Espírito Santo, é portanto, impessoal. *Perguntamos: Qual Ser físico que pode ser: derramado, espargido, vertido, assoprado? O Espírito não é uma pessoa.

5. Sem um nome pessoal: O Espírito demonstra-se impessoal pelo fato dele não possuir nenhum nome pessoal. Deus é uma pessoa: Seu Nome é”Yahweh”; Nosso Salvador é uma pessoa: Seu Nome é Yehoshua. *Qual é o nome do Espírito? O Espírito não é uma pessoa, não tem nome pessoal. Se o Espírito é uma pessoa, porque ele não tem um nome pessoal? A palavra “nome” de Mateus 28:19 não se refere à um nome pessoal. A palavra “nome” neste verso significa “autoridade” ou “como representante de”. O Espírito não é uma personalidade.

NOTA: Mateus 28:19, hoje sabemos ser um texto apócrifo. A Bíblia de Jerusalém em sua última edição nos diz que este acréscimo bíblico foi realizado no ano de 196 d.C. Isto explica o porque de não termos nenhum batismo registrado nas Sagradas Escrituras seguindo esta fórmula apócrifa. TODOS os batismos foram realizados em nome de JESUS pois nos foi dito por Ele que toda a autoridade dos céus Lhe fora dado! Mat 28:18.

6. Nenhuma prece dirigida: "O Espírito Santo não é uma pessoa, porque em toda a Bíblia não há sequer uma oração ou canção de louvor, ou exclamação à ele endereçada. Nem há um preceito sequer que autorize dentro da Bíblia tal oração ou hino de louvor." (Gilfford. Op. cit. p.172). Miles Grant escreveu:

Outro fato importante que é digno de nota, é que em nenhum lugar nas Escrituras somos nós ensinados à amar, honrar, ou louvar o Espírito Santo, ou à orar por sua assistência. Por que não, se é uma pessoa, como o Pai e o Filho? (Grant, Miles. “Positive Theology” - Boston : Advent Christian Publications Society, p. 287).

O Espírito não é mencionado nos hinos de adoração no Apocalipse (Apoc. 5:13 / 7:10). Se o Espírito é uma terceira pessoa de uma trindade, por que é omitida a referência à ele?

7. Não incluído nas Saudações Apostólicas: O poder de Deus, o Espírito, geralmente não é mencionado juntamente com Deus e Jesus nos cumprimentos e saudações Apostólicas nas Epístolas Neo-Testamentárias. O Espírito não é mencionado em nenhuma das saudações das Epístolas de Paulo (Rom. 1:7; I Cor. 1:3; II Cor. 1:2; Gál. 1:3; Ef. 1:2; Filip. 1:2; Col. 1:2; I Tess. 1:1;  IITess. 1:2; I Tim. 1:2; II Tim. 1:2; Tito 1:4; Filemom 3.)

Deus e Jesus são mencionados juntos repetidamente, mas raramente é o Espírito mencionado com eles. Note também as palavras de abertura das epístolas escritas pelos outros escritores. (Tiago 1:1; II Pedro 1:2; I João 1:3; II João 3; Judas 1). Todos estes mencionam Deus e Jesus, mas não o Espírito. O Espírito é mencionado em I Pedro 1:2 mas não como pessoa: *O apóstolo simplesmente afirma que o poder manifesto de Deus, o Espírito, é o agente que santifica os eleitos. Notar-se-á também que o Espírito não é incluído em maioria das doxologias e bençãos. Uma passagem na qual o Espírito é mencionado, (II Cor. 13:13) já foi considerada.

”A questão repete-se novamente. Por que não há “graça” solicitada do Espírito Santo de Deus, se é uma pessoa? Caso houvesse uma junta de três pessoas, e não houvesse menção de terceira, mas, somente das outras duas em todos os relatórios, não teria a terceira ocasião para se sentir por demais desprezada? Se Paulo sabia de uma “terceira pessoa” de quem a graça deveria ser recebida, porque não solicitou ele por isso, à  seu favor, em conexão com o Pai e Seu Filho? (Ibid. p. 288)

8. Não mencionado como estando entronado ou reinando: A Bíblia representa à Deus o Pai, sentado sobre Seu Trono e Jesus assentado à Sua mão direita. As Escrituras nos apresentam um Jesus que em BREVE virá assumir o Seu trono terreal, o trono de Davi, para todo o sempre!O Pai e o Filho são ligados no julgamento e na redenção. O reino vindouro é o reino de Deus e de Seu Cristo. Não há menção alguma do Espírito como sendo  uma pessoa ou como um assentado um trono. Apocalipse 22:1-5 é um bom exemplo disto.

9. Não relacionado com o Pai como uma pessoa para a outra: A relação do Espírito com o Pai não é aquela de uma pessoa para outra. A relação do Espírito com o Pai é aquela de um poder para com uma pessoa. O Espírito é o poder de Deus. O poder de Deus não é mais uma pessoa distinta de Si mesmo, mais do que o amor e sabedoria de Deus o são; *Isto é, se considerarmos o Espírito de Deus com pessoa, também deveremos considerar outros atributos de Deus como sabedoria e amor como pessoas, igualmente. O Pai e o Filho são pessoas, mas o Espírito não é uma pessoa.

NOTA: Observe esta passagem - E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. Efe 4:30. Pergunto: Um Deus dono de outro deus?

O Pai diz: “Tu” ao Filho e o Filho diz: “Tu” ao Pai, mas, nenhum deles diz “Tu” ao Espírito. O Pai ama o Filho, e o Filho ama ao Pai, mas nemhum dEles é mencionado “amando o Espírito”. O Espírito nunca foi denominado “o terceiro” ou “a terceira pessoa” em qualquer maneira. Além do mais, o Pai nunca é chamado “a primeira pessoa” e o Filho nunca é  chamado “a segunda pessoa”.

NOTA: Se fosse um terceira pessoa, Pedro estaria sendo desrespeitoso (blasfemando ou pecado contra o espírito) ao chamá-lo de “isto” em Atos 2:14-18 - Então Pedro, pondo-se em pé com os onze, levantou a voz e disse-lhes: Varões judeus e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras. Pois estes homens não estão embriagados, como vós pensais, visto que é apenas a terceira hora do dia. Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel: E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos mancebos terão visões, os vossos anciãos terão sonhos; e sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão.

10. Objeções consideradas: Os trinitarianos afirmam, baseados em Atos 5:3-4 e II Cor. 3:17, que o Espírito é Deus. Eles insistem que desde que o Espírito está diretamente identificado com Deus, o Espírito deve ser Deus e uma personalidade distinta. Nada há nestes dois versos para garantir tal afirmação. Meramente porque a Bíblia afirma que “Deus é  amor” (I João 4:8,16) ninguém está autorizado à dizer que o amor é  uma personalidade distinta do Pai e um membro de uma trindade. O Espírito é o poder de Deus. A obra do Espírito é a obra de Deus e Seu Filho. Quando alguém é cheio do Espírito, ele está cheio com o poder de Deus e Cristo. O fruto do Espírito é o resultado da obra de Cristo na vida do crente através de Seu poder. Quando a Bíblia descreve o Espírito como falando (Apoc. 2:7), está se fazendo referência  à obra de Deus falando através de Seu poder. Quando o Espírito é descrito como fazendo intercessão (Rom. 8:26-27), refere-se à intercessão que Cristo, Nosso Sumo Sacedote faz por nós através de Seu poder. (Rom. 8:34 / Heb. 7:25). Jesus  é o Nosso único intercessor; Ele é o Nosso mediador. Quando Ananias mentiu ao Espírito Santo, ele mentiu para Deus que operava através daquele santo poder. Quando o homem “entristece” o Santo Espírito de Deus (Ef. 4:30), ele entristece ao próprio Deus que opera através de Seu Santo Espírito.

O Espírito é descrito como eterno e Santo porque Deus é  eterno e Santo. Quando, o Espírito, o poder de Deus, é representado como tendo certas características e desempenhando certas obras, a referência é feita ao único Deus eterno que tem estas características e faz estas obras.

11. Pronomes Masculinos do Grego: Nenhuma prova de personalidade - Nosso Senhor prometeu à Seus discípulos que após Ele ter ascendido aos céus Ele lhes enviaria o poder de Deus, o Espírito Santo. Através deste poder, Jesus continuaria Sua obra com e nos Discípulos. O poder foi chamado o “Consolador”, “Paráclito”, “Advogado” ou “Auxiliador”, porque Jesus pretendia trabalhar através daquele poder em favor dos crentes.

Um Deus precisa ser exaltado por outro Deus? E o pior, no céu???

Um Deus, derrama uma pessoa, o Espírito Santo nos discípulos?

Pelo que saibamos, Deus derrama um poder não uma pessoa, através de uma pessoa e não uma outra pessoa o Espírito?

"De sorte que, exaltado pela destra de Deus, e tendo recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vós agora vedes e ouvis." Atos 2:33

"Não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo, que ele derramou abundantemente sobre nós por Jesus Cristo, nosso Salvador;" Tito 3:5 e 6

Jesus assoprou uma pessoa de dentro dele?

"E havendo dito isso, assoprou sobre eles, e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo." João 20:22

Jesus assoprou o Espírito Santo estando com os discípulos, mais o terceiro não viria após sua partida?

Se o Espírito de um homem é o próprio homem o de Deus é o próprio Deus não um terceiro.

"Pois, qual dos homens entende as coisas do homem, senão o espírito do homem que nele está? assim também as coisas de Deus, ninguém as compreendeu, senão o Espírito de Deus." Corintios 2:11

“Quem guiou o Espírito do SENHOR? Ou, como seu conselheiro o ensinou?” Isaías 40:13

"Quem pois, conheceu a mente do SENHOR? Ou quem foi o seu o seu conselheiro?” Romanos 11:34

Perceba que a palavra ESPÍRITO de Isaías 40:13, foi traduzida por Paulo como MENTE. Porque isso aconteceu? Simples. A palavra espírito no hebraico (ruach) significa: MENTE, fôlego, vento, ânimo (Concordância de David Strong).

Por isso ter a mente de Jesus é ter o espírito de Jesus! Não um terceiro!

"Pois, quem jamais conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo." I Cor. 2:16

Se o Espírito de um homem é o próprio homem o de Deus é o próprio Deus não um terceiro:

"Pois, qual dos homens entende as coisas do homem, senão o espírito do homem que nele está? assim também as coisas de Deus, ninguém as compreendeu, senão o Espírito de Deus." I Corintios 2:11

Espirito de um Homem é um homem, e o Espirito de Deus é o próprio Deus não um terceiro. O Espírito de Cristo é próprio Cristo, não um terceiro.

"Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele." Romanos 8:9

Você adoraria a um deus chamado Vento Santo, ou Sopro Santo?

Pois "vento santo", "fôlego santo", "hálito santo", "sopro santo", etc, seriam as traduções mais precisas para a expressão hebraica (ruach kodesh) e a grega (pneuma hagios) traduzida em português como "espírito santo".

Pai: nome pessoal=YHWH=Yahweh

Filho: nome pessoal=YESHUA JESUS

Espírito Santo: nome pessoal=?????

Onde esta o trono do terceiro na Nova Terra, depois do mal aniquilado?

"Então, me mostrou o rio da água da vida, brilhante como cristal, que sai do trono de Deus e do Cordeiro. No meio da sua praça, de uma e outra margem do rio, está a árvore da vida, que produz doze frutos, dando o seu fruto de mês em mês, e as folhas da árvore são para a cura dos povos. Nunca mais haverá qualquer maldição. Nela, estará o trono de Deus e do Cordeiro. Os seus servos o servirão, contemplarão a sua face, e na sua fronte está o nome dele. Então, já não haverá noite, nem precisam eles de luz de candeia, nem da luz do sol, porque o Senhor Deus brilhará sobre eles, e reinarão pelos séculos dos séculos." Apoc. 22:1-5

Onde esta a ordem bíblica para adorar um terceiro?

O termo Ruach Hakadosh (Espírito Santo) é usado pelos judeus como mais uma forma de chamar Deus, ou seja, mais um nome. Na teologia judaica, Deus é conhecido por 72 nomes!

Exemplos:Ad-nay (Senhor), Adonai Tzevaot (Senhor dos exercitos), kEl Shaday (que é um acróstico da frase...Deus todo poderoso que alimenta seu povo como uma mãe amamenta seus filhos), Elohkim (Deus) entre outros nomes.

Jesus prometeu uma presença pessoal sua após sua partida e não um terceiro.

"e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos." Mateus 28:20

"Não vos deixarei órfãos; voltarei a vós. Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais; mas vós me vereis, porque eu vivo, e vós vivereis." João 14:18 e 19

 

IMPORTANTE:
Era o próprio Jesus que seria o próprio “Advogado” ou “Paráclito”, o qual segundo João 14:26 seria enviado posteriormente. Podemos  verificar isso através de I João 2:1, onde encontramos Jesus Cristo como Advogado, em grego “Paráclito”. Foi o próprio Jesus que prometeu estar com os discípulos e os crentes através das eras, sempre, até a consumação dos séculos (Mat. 28:20), e também seria sua fonte de conforto e auxílio. Jesus disse: “Não vos deixarei órfãos: voltarei para vós” (João 14:18). A obra do Espírito de Cristo como Confortador, advogado e auxiliador não era senão a obra do próprio Cristo como confortador, Advogado, e Auxiliador através daquele poder divino.

A palavra grega para Confortador “Parákletos” é masculina em gênero. (João 14:16; 17:26; 15:26; 16:7-8,13- 15). Portanto, os tradutores usaram pronomes masculinos para se referir ao poder de Deus nesta porção de João, muito embora aquele próprio poder fosse neutro e impessoal. O poder impessoal de Deus foi indicado por uma palavra masculina “Confortador” porque ia ser usado pela pessoa, Jesus Cristo.

Jesus é  uma pessoa, mas o poder, o Espírito Santo, através do qual Ele operava era impessoal. O uso de pronomes masculinos nestes versos citados não são indicações de personalidade.

NOTA: Interessante notar que a mesma palavra (paráklito) traduzida como Consolador em João 14:16 foi traduzida – porque será? – em I João 2:1 por Advogado. Não seria porque Cristo é que é o nosso único intercessor? Heb 7:25

“Espírito em grego é um substantivo neutro e  sempre representado por pronomes neutros naquele idioma. O Confortador em grego é masculino e portanto, é representado por pronomes masculinos. Mas, isto nada prova com respeito à  personalidade. Porque o uso de pronomes masculinos no grego não é prova de personalidade. O grego, diferentemente do Inglês usa pronomes masculinos e femininos com referência à coisas e qualidades, bem com à pessoas. Em grego, um campo é masculino, uma cidade é feminino, dor é  feminino, vinho é feminino, mas vinha é masculino, vento é  masculino, prata é masculino, mas uma moeda de prata é  neutro, um número é masculino, um escudo é feminino, etc. Do começo ao fim do léxico de substantivos gregos. Não é  prova em absoluto de personalidade que um objeto seja masculino ou feminino em grego. Um substantivo neutro, entretanto, nunca é usado em grego para denotar uma pessoa, exceto no caso de um diminutivo, como uma criança, uma pessoa demente, ou uma pessoa considerada não como uma pessoa, mas sim, como a um objeto. Portanto, já que o Espírito é  sempre neutro em grego, não pode ser uma pessoa, e jamais pode-se fazer referência ào Espírito por ele, lhe, quem, mas, sempre por pronomes neutros. (Gifford, Op. cit. 170-172)

A Sabedoria em Provérbios é personificada como sendo ela. Isto entretanto, não é referência de que a sabedoria seja uma mulher ou uma pessoa. Não significa que seja parte de um Deus triuno. O fato de que o Confortador é chamado “ele / dele” não indica que é uma personalidade. Várias versões e traduções do Novo Testamento usam pronomes neutros em vez de masculinos em João 14:16,17,26.

Entre estas versões, estão: “The New Testament: An American Translation” - Edgar J. Goodspeed; J. B. Rotherham, “The Emphasized Bible”, e Wilson, “The Emphatic Diaglott”. Miles Grant afirma que os três manuscritos mais antigos do Novo Testamento, o Sinaítico, o Alexandrino, e Vaticano, usam pronomes neutros em vez de masculinos em João 14. (Op. cit. 290-293).

Estaremos pecando contra o Espírito?

O pecado imperdoável é cometido contra o Espírito Santo. Foi Jesus que explicou: "Todo o pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito Santo não será perdoada." Mateus 12:31 E no verso 32 Ele acrescentou ". . . se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será isto perdoado, nem neste mundo, nem no porvir."

Alguns crêem que este pecado é o suicídio, outros que é praguejar ou amaldiçoar... Outros vão além afirmando que é o adultério! E, pior ainda, que é RESISTIR ao espírito Santo como a um 3º deus. Mas, basta ler as Escrituras para saber que nada disto é pecar contra o espírito, pois no próprio livro de Mateus, neste contexto, vemos que este pecado imperdoável é atribuir as obras que Jesus faz (em nossas vidas) através do poder do Pai, à satanás. Isto Ele não admite e nos sela imediatamente como a um ímpio. Quando, portanto, estamos admitindo a existência de um terceiro deus realizador, estamos pecando diretamente contra o Pai!

Assim, ao Rei eterno, imortal, invisível, Deus único, honra e glória pelos séculos dos séculos. Amém! 1 Timóteo 1:17 

 

RETORNAR