Make your own free website on Tripod.com

O VINHO MISTURADO E AS CONSEQUENCIAS DE FICAR BÊBADO

 

 

Quando estudamos as profecias, descobrimos que BABILÔNIA, A GRANDE, a mãe das meretrizes (Apoc 17:5) tem um copo, uma taça, cheio de abominações, cheio de vinho misturado.

Em Jeremias 51:7, podemos ler o que se segue:

“Na mão do Senhor a Babilônia era um copo de ouro, o qual embriagava a toda a terra; do seu vinho beberam as nações; por isso as nações estão fora de si.”

Assim como Deus usou Babilônia civil para aplicar seus juízos, Deus tem usado ou permitido que Babilônia Religiosa cumpra com seus objetivos também.

Ela está embriagando as nações com seu vinho mortal. Vinho misturado, um amontoado de doutrinas pagãs, assimiladas e batidas no liquidificador doutrinário de Babel, de confusão, que tem sido oferecido às nações, e estas tem aceitado e ficado embriagadas....

Em Jeremias 25:27 podemos ler:

“27 Pois lhes dirás: Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Bebei, e embebedai-vos, e vomitai, e caí, e não torneis a levantar, por causa da espada que eu vos enviarei. 28 Se recusarem tomar o copo da tua mão para beber, então lhes dirás: Assim diz o Senhor dos exércitos: Certamente bebereis.

Todos estão bebendo do vinho de Babilônia, todos.  Estão bebendo, enganados ou não,

Verso 29 Pois eis que sobre a cidade que se chama pelo meu nome, eu começo a trazer a calamidade; e haveis vós de ficar totalmente impunes? Não ficareis impunes; porque eu chamo a espada sobre todos os moradores da terra, diz o Senhor dos exércitos.

Deus chama a espada contra TODOS os moradores da terra, pois todos estão embriagados....

Verso 30 e seguintes: “Tu pois lhes profetizarás todas estas palavras, e lhes dirás: O Senhor desde o alto bramirá, e fará ouvir a sua voz desde a sua santa morada; bramirá fortemente contra a sua habitação; dará brados, como os que pisam as uvas, contra todos os moradores da terra. 31 Chegará o estrondo até a extremidade da terra, porque o Senhor tem contenda com as nações, entrará em juízo com toda a carne; quanto aos ímpios, ele os entregará a espada, diz o Senhor.”

Por que o Senhor tem contenda com as nações? Por que o Senhor Julgará TODA CARNE? Porque o evangelho está sendo levado a todo o mundo, um evangelho cheio de mentiras, contraditório e cheio de erros, poucas verdades e muito engano,  enquanto o mundo está preferindo se manter embriagado pelo vinho de Babilônia.... Porque, estão confiando num deus impessoal, numa trindade clonada das pagãs, e se embriagando mais e mais..... Deus, O Senhor Supremo do Universo está irado contra as nações, pois estão desvirtualizando seu caráter.....

Versos 32 “Assim diz o Senhor dos exércitos: Eis que o mal passa de nação para nação, e grande tempestade se levantará dos confins da terra.  33 E os mortos do Senhor naquele dia se encontrarão desde uma extremidade da terra até a outra; não serão pranteados, nem recolhidos, nem sepultados; mas serão como esterco sobre a superfície da terra.”

Mas os responsáveis por isto não ficarão impunes, continuando Jeremias 25 lemos

34 “Uivai, pastores, e clamai; e revolvei-vos na cinza, vós que sois os principais do rebanho; pois já se cumpriram os vossos dias para serdes mortos, e eu vos despedaçarei, e vós então caireis como carneiros escolhidos. "

Como os pastores estão fazendo com o rebanho, enganando-o, eles também cairão. Deus assim o disse.

Jeremias 25:35 “E não haverá refúgio para os pastores, nem lugar para onde escaparem os principais do rebanho. 36 Eis a voz de grito dos pastores, o uivo dos principais do rebanho; porque o Senhor está devastando o pasto deles.  37 E as suas malhadas pacíficas são reduzidas a silêncio, por causa do furor da ira do Senhor.”

O julgamento dos pastores será muito pior do que o julgamento do rebanho, pois a quem muito confiou, muito será pedido (Lucas 12:48).

Mas, o que isto tem a ver com o vinho que Jesus tomou e o vinho que estão tomando?

A bíblia é clara sobre o que acontecerá aos que tomarem o vinho de babilônia, vinho de doutrinas falsas, como imortalidade da alma e santíssima trindade e adoração de um terceiro(?) deus, chamado deus espírito santo, separado de Deus o pai e do seu filho unigênito que deixou de existir por um espaço de tempo para nos salvar (João 3:16; I Cor 15:3); que Jesus era mortal e morreu de fato para nos salvar e nunca foi co-eterno com o Pai. 

Ao fazer com que Deus deixe de ser pessoa, ou pessoal, fazendo-o se tornar uma instituição (ou uma pessoa Jurídica), Babilônia misturou mais álcool em seu vinho mortal, estragando-o mais ainda... E esse vinho mortal está sendo oferecido ao mundo, a grandes goles, e suas filhas estão bêbedas tão ou mais que a mãe....

Em I Cor 6:10 lemos que os bêbados não herdarão o reino dos Céus. Ora, se estão bêbados, por que Deus os levaria para os Céus, para profaná-lo?

Jesus, pessoa física, filho de Deus o pai, veio a este mundo, abdicou de toda sua divindade (Fil 02:06; Heb 02:17) e se fez homem de Fato. Não um Homem-Deus, mas um Homem, semelhante à raça caída, raça poluída pelo pecado, mas não bebeu do vinho de Babilônia, do vinho dos rabinos, dos mestres, não se embebedou por conveniências e nem socialmente.....

As igrejas cristãs, ao saírem da reforma, pararam no tempo, e, se embebedaram socialmente, e logo em seguida, após gostarem do gosto da bebida misturada de babilônia, beberam a grandes goles do vinho de doutrinas falsas disseminados pela mãe. É como que a mãe (natural ou adotiva, visto algumas igrejas mudarem suas doutrinas para serem adotadas pela mãe, como o movimento adventista que mudou de sal para açúcar para não ser chamado de seita), digo, é como que a mãe falasse a suas filhas: “Filha, beba só para agradar nossos amigos, só um gole, assim como os ‘amigos’ falam para aqueles que insistem em não beber bebidas alcoólicas. A mãe, que deveria educar suas filhas, é a mestra na desonestidade espiritual, e levou suas filhas (repito: naturais ou adotadas) a beber seu vinho misturado de doutrinas pagãs.....

Jesus bebeu o vinho puro de uva, sem mistura, o bom vinho. Jesus não quis se render ao vinho de Babilônia, ao lhe ser concedido oportunidade.... em Mateus 27:24 lemos “deram-lhe a beber vinho misturado com fel; mas ele, provando-o, não quis beber.” Jesus rejeitou o vinho misturado, e, o mundo está a beber a grandes goles a mistura mortal de babilônia.....

O interessante também é observar que a mistura mortal de babilônia tem enriquecido os comerciantes. Vejam o que diz Apoc 18:3

“Porque todas as nações têm bebido do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias.”

O vinho misturado é pernicioso porque muda os sentidos, tira do embriagado a realidade, e este vive em ‘delícias’.

Mas o que insistir em ficar embriagado, sofrerá sérias conseqüências, e, em Provérbios 23 vemos algumas delas:

Verso 29 “Para quem são os ais? para quem os pesares? para quem as pelejas, para quem as queixas? para quem as feridas sem causa? e para quem os olhos vermelhos?

30 Para os que se demoram perto do vinho, para os que andam buscando bebida misturada.

31 Não olhes para o vinho quando se mostra vermelho, quando resplandece no copo e se escoa suavemente.

32 No seu fim morderá como a cobra, e como o basilisco picará.

33 Os teus olhos verão coisas estranhas, e tu falarás perversidades.

34 o serás como o que se deita no meio do mar, e como o que dorme no topo do mastro.”

Infelizmente e lamentavelmente, a corporação ASD tem olhado muito para o vinho misturado de babilônia. Adotaram um deus impessoal, formado por três seres, o primeiro finge que é pai do filho do terceiro, e o segundo finge que é filho do primeiro, mas é filho do terceiro. O segundo finge que morreu, mas não pode morrer, por que é imortal.... e a confusão alcoólica do vinho misturado se expande, e como bêbados fora de si, afirmam que Deus disse o que não disse e que não disse o que disse.... fazem malabarismos para defender o deus-tres-em-um do vinho de Babilônia.... Deus vai cobrar mais dos pastores que estão embriagados do vinho de Babel. (Jer 25:35-Vide Ezeq 34).

Como que, fugindo da realidade de Deus e de seu filho unigênito, utilizando o deus falso de babel, espalham o vinho mortal de Babilônia, e o mundo está bebendo a grandes goles, mas os áis serão justamente para os que insistem em utilizar essa bebida misturada que babilônia seduz as nações.....

O vinho de Jesus é o vinho puro, novo, sem mistura, mas o vinho de Babilônia, é misturado com muitas (muitas mesmo) doutrinas pagãs, a mais mortal delas a da santíssima trindade, que a historia já provou que foi invenção do Concílio de Nicéia e foi feita para que o cristianismo (naquele momento histórico deixou a verdade) fosse aceito pelo mundo pagão, acostumado com suas tríades de deuses.... e mais, hoje em dia se ouve muito falar que Deus é um só, mas cada seita ainda tem seus deuses menores, particulares, pois o deus que eles afirmam ser um só, é impessoal e é uma empresa, com três sócios mitológicos, um vingativo, outro perdoador e outro que não perdoa ninguém que o desagrada....

Bebamos pois, do vinho puro de Cristo, não misturado, e deixamos de beber (se assim temos feito) do vinho misturado de paganismos, trindades, infernos eternos de tormento, imortalidade da alma, intercessão de santos e não do Homem Jesus (I Tim 2:5), intercessão de Maria ou outras santas, adoração de trindades pagãs revestidas de manto negro cristão, e deixamos que o mundo, que prefere isto, sofra os áis que estão reservados para os que se embriagam espiritualmente....

Vamos repetir do início, em Jeremias 51:7, lemos:

Na mão do Senhor a Babilônia era um copo de ouro, o qual embriagava a toda a terra; do seu vinho beberam as nações; por isso as nações estão fora de si.” Não nos deixamos embebedar por esse vinho. Que possamos manter o raciocínio (lúcido) e não ficar fora de si como as nações e as filhas (adotivas ou nascidas na casa) de Babilônia estão!

  

 By Um Só Deus

 

RETORNAR