Make your own free website on Tripod.com

250 RESPOSTAS BÍBLICAS À DOUTRINA DA TRINDADE

By Marcos Avellar do Nascimento

 

                                                                                             

(Este material foi enviado para o Pres. da DSA, Dir. Geral da CASA, Pres. da UEB e Pres. da ARJ Sul em 27.03.06, via correio, onde solicitei que fossem apontados os erros, os equívocos e falhas no que “escrevi” a seguir.)

 

A doutrina da trindade diz que há Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Diz também que há igualdade entre “os três” e que o Espírito Santo é uma “pessoa”. Há vários textos na Bíblia que falam em Deus, em Jesus Cristo e no Espírito Santo. Será que Deus é trinitário? Será que há igualdade entre “os três”? Há outros versos da Palavra de Deus que atribuem ao Espírito Santo reações e sentimentos como se fosse uma pessoa. Para a maioria da cristandade, tais versos comprovam a existência da 3ª “pessoa” da trindade e a personalidade do E. Santo. Será que O Espírito Santo é uma 3ª “pessoa”? Além disso, há teólogos trinitarianos, que dizem que Deus não é realmente Pai de Jesus, que Jesus não é filho de Deus e que quem ressuscitou Jesus foi a trindade e não Deus O Pai. Você sabia dessas coisas? Será que Deus não é Pai de Jesus e Ele não é Filho de Deus? Será que Deus não O ressuscitou? E será também que em toda a Bíblia há sustentação para essa doutrina? Vejamos a seguir, segundo a Bíblia, a Palavra de Deus as respostas a estas perguntas. (Os textos bíblicos foram copiados da tradução feita por João Ferreira de Almeida – Revista e Atualizada no Brasil – 2ª Edição, 1993).

De acordo com as Sagradas Escrituras não há trindade porque está escrito:

  1. “Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Estas coisas diz aquele que tem os sete Espíritos de Deus e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives e estás morto... O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”. Apoc. 3:1, 5 e 6.  Através da frase “confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos” (verso 5), é possível identificarmos Jesus como Aquele que tem os sete Espíritos de Deus. Veja também quem tem as sete estrelas: “Tinha na mão direita sete estrelas, e da boca saía-lhe uma afiada espada de dois gumes. O seu rosto brilhava como sol na sua força. Quando o vi, caí a seus pés como morto. Porém ele pôs sobre mim a mão direita, dizendo: Não temas; eu sou o primeiro e o último e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno”. Apoc. 1:16 a 18. Através da frase “estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos” é possível identificarmos Jesus como Aquele que tem as sete estrelas. E no verso 20 (cap. 1) quem são as sete estrelas: “... as sete estrelas são os anjos das sete igrejas...”. Ou seja, Jesus é Aquele que tem os sete Espíritos de Deus e as sete estrelas.

  2. “Disse-me ainda: Estas palavras são fiéis e verdadeiras. O Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas, enviou o seu anjo para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer”. Apoc. 22:6. E para entendermos quem é o Deus dos espíritos dos profetas, leia o verso 16 do mesmo capítulo 22: “Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas às igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a brilhante Estrela da manhã”.  Apoc. 22:16. E se ainda não está completamente claro que é Jesus, leia, por favor, Apocalipse 1:1.

  3. Paulo, em Colossenses 1:13 a 20 escreveu: “Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados. Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação, pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele. Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste. Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia, porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus. E a vós outros também que, outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas, agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante Ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis”...

  4. Porque apesar da doutrina da trindade falar no “mistério da santíssima trindade” a Bíblia, ao contrário, fala que o mistério de Deus, Cristo, foi revelado: “para que o coração deles seja confortado e vinculado juntamente em amor, e eles tenham toda a riqueza da forte convicção do entendimento, para compreenderem plenamente o mistério de Deus, Cristo, em quem todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento estão ocultos” (Col. 2:2 e 3). E também: “o mistério que estivera oculto dos séculos e das gerações; agora, todavia, se manifestou aos seus santos; aos quais Deus quis dar a conhecer qual seja a riqueza da glória deste mistério entre os gentios, isto é, Cristo em vós, a esperança da glória” (Col. 1:26 e 27).

  5. Porque Paulo, inspirado pelo Espírito de Deus ou Espírito de Cristo (Rom. 8:9), escreveu em I Cor. 8:5 e 6: “Porque, ainda que há também alguns que se chamem deuses, quer no céu ou sobre a terra, como há muitos deuses e muitos senhores, todavia, para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem existimos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós também, por ele”.

  6. Porque de acordo com as Escrituras, não é a 3ª “pessoa” da trindade quem intercede por nós, e sim, Jesus: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por Mim”. João 14:6. Leia também I Tim. 2:5 e I João 2:1 e 2. Paulo escrevendo aos Romanos declarou: “... É Cristo Jesus quem morreu, ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós”. Rom. 8:34. E para não ficar nenhuma dúvida: “O vencedor será vestido assim de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos”. Apoc. 3:5.

  7. Porque na frase “façamos o homem à nossa imagem e semelhança” (Gên. 1:26) que para os teólogos trinitarianos significam três “pessoas”, para a Bíblia são apenas duas (João 1:1): “no princípio era o Verbo, o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus” (duas “pessoas”), e também “todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez”.(João 1:3); Paulo em Colossenses 1:16 e 19 fala que “tudo foi criado por meio dele..., porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude”. (Duas “Pessoas”).  Hebreus fala que foi por intermédio de Jesus que Deus fez o universo (Heb. 1:2): “nestes últimos dias nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo” (Duas “Pessoas”). Veja também Apocalipse 19:13: “Está vestido com um manto tinto de sangue e o Seu nome se chama Verbo de Deus”. (Duas “Pessoas”).

  8. Porque Jesus disse: “Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que me confiaste para fazer; e, agora, glorifica-me, ó Pai, contigo mesmo, com a glória que eu tive junto de ti, antes que houvesse mundo”. João 17:4 e 5.

  9. Porque O Espírito citado no livro do Apocalipse não é a 3ª “pessoa” da trindade, já que João o identifica como Jesus: “Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”. Apoc. 3:21 e 22, 2:26 a 29, 3:5 e 6, 3:12 e 13, +. Mas se ainda não está claro que o Espírito do livro do Apocalipse é Jesus, veja: “Ao anjo da igreja em Tiatira escreve: Estas coisas diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo e os pés semelhantes ao bronze polido...” (Apoc. 2:18) e no verso 29 do mesmo capítulo (2) João escreve: “Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas”.

  10. O batismo de Jesus foi registrado por Mateus (3:13 a 17), Marcos (1:9 a 11), Lucas (3:21 e 22) e João (1:32 a 34). Lucas escreve que “o Espírito Santo desceu sobre ele (Jesus) em forma corpórea como pomba; e ouviu-se uma voz do céu: Tu és meu Filho amado, em ti me comprazo” (verso 22). O mesmo Lucas em Atos 10:38 diz que Jesus foi batizado com o E. S. e com poder:Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda a parte fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com Ele”. Os teólogos trinitarianos gostam de utilizar o texto do evangelho de Lucas devido à expressão “em forma corpórea como pomba” e o fazem para tentar provar que o Espírito de Deus é uma 3ª “pessoa” e tem personalidade. 1º: Não é possível Jesus ter sido batizado com “uma pessoa” sendo Ele mesmo uma pessoa! 2º: Se o E. S. fosse uma 3ª “pessoa” ou tivesse personalidade, teria sido ouvida a voz dele, já que Jesus estava sendo batizado com o E. Santo. 3º: Se o E. S. fosse uma 3ª pessoa ou tivesse personalidade, Jesus, que foi ungido com o E. S., sabendo que a hora mais difícil para ele estava chegando, não teria dito para os discípulos: “Eis que vem a hora e já é chegada, em que sereis dispersos, cada um para sua casa, e me deixareis só; contudo, não estou só, porque o Pai está comigo”. João 16:32. 4º) Será que Deus que é Criador, Se representaria como animal (ave) uma vez que os anjos que são criaturas, têm ou assumem a forma de homem (Atos 1:10 e 11, por exemplo)?.

  11. Porque Moisés chama Jesus de Espírito de Deus em Gênesis 1:2, Lucas, em Atos 16:7 fala no Espírito de Jesus, Paulo chama Jesus também de Espírito (Rom. 8:26 e 27, 8:9-14), e fala também no Espírito de Jesus (Gál. 4:6), Pedro também fala no Espírito de Jesus (I Pedro 1:10 e 11) e João chama Jesus também de Espírito no livro do Apocalipse (Apoc. 2:26 a 29 +...).

  12. Porque Jesus falou “Eu e o Pai somos um”, e não falou Eu e o Pai e o Espírito Santo somos um. João 10:30. E Ele (Jesus) não deixou ninguém de fora quando fez essa afirmação.

  13. Porque Maria ficou grávida pelo E. S., mas é o anjo que dá a notícia a ela e não o próprio E. S., já que ele (o E. S.) não é uma 3ª “pessoa” e nem tem personalidade. Mat. 1:18 a 25 +.

  14. Porque quem concede dons aos homens é Jesus conforme o apóstolo Paulo registrou em Efésios 4: 7 a 16 que fala no dom de Cristo e que Cristo concedeu dons aos homens. Os teólogos trinitarianos utilizam o texto que está em I Cor. 12 para tentarem provar que a 3ª “pessoa” da trindade também distribui dons, já que ao longo do capítulo o apóstolo Paulo cita o Espírito várias vezes. Lembre-se que para Moisés (Gên. 1:2), Jó (33:4), Paulo (Rom. 8:26 e 27), e João (Apocalipse 2:26 a 29 +) Jesus é o Espírito ou o Espírito de Deus. Além disso, Lucas (Atos 16:7), Paulo (Gál. 4:6) e Pedro (I Pedro 1:10 e 11) falam no Espírito de Jesus. Se você ainda tem dúvida, leia, por favor, Hebreus 10:29 : “De quanto mais severo castigo julgais vós será considerado digno aquele que calcou aos pés o Filho de Deus, e profanou o sangue da aliança com o qual foi santificado, e ultrajou o Espírito da Graça”.

  15. Porque a 3ª “pessoa” da trindade não aparece em “pessoa” no monte da transfiguração (onde novamente só é ouvida a voz de Deus): Mat. 17:1 a 8 e II Pedro 1:16 a 18.

  16. Porque a 3ª “pessoa” da trindade não existe no livro do Apocalipse. Apocalipse todo.

  17. Porque Jesus não cita a 3ª “pessoa” da trindade na oração do Pai Nosso. Mat. 6:9.

  18. Porque o E. S. desce sobre Jesus como uma pomba e não como uma pessoa. Mat. 3: 16 + . E Deus não é ave, não é animal. Para refletirmos mais: Deuteronômio 4:15-19: “Guardai, pois, com diligência as vossas almas, porque não vistes forma alguma no dia em que o Senhor vosso Deus, em Horebe, falou convosco do meio do fogo; para que não vos corrompais, fazendo para vós alguma imagem esculpida, na forma de qualquer figura, semelhança de homem ou de mulher; ou semelhança de qualquer animal que há na terra, ou de qualquer ave que voa pelo céu; ou semelhança de qualquer animal que se arrasta sobre a terra, ou de qualquer peixe que há nas águas debaixo da terra; e para que não suceda que, levantando os olhos para o céu, e vendo o sol, a lua e as estrelas, todo esse exército do céu, sejais levados a vos inclinardes perante eles, prestando culto a essas coisas que o Senhor vosso Deus repartiu a todos os povos debaixo de todo o céu”. E também Rom. 1:23: “E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis”.

  19. Porque não existe o trono do E. S. no apocalipse que nomeia apenas o trono de Deus e do Cordeiro (Apoc. 22:1, 22:3, 3:21 e 7:15 a 17): “Então me mostrou o rio da água da vida, brilhante como cristal, que sai do trono de Deus e do Cordeiro ”. (22:1), e o trono dos 24 anciãos (Apoc. 4:4). Jesus disse que “Deus é espírito” (João 4:24), mas Ele (Deus) tem um trono. O Espírito Santo não é uma 3ª ”pessoa” espiritual, porque entre outros motivos, não tem um trono. E para completar, Jesus disse que nós nos assentaremos sobre tronos para julgarmos as 12 tribos de Israel: “Assim como meu Pai me confiou um reino, eu o confio a vós, para que comais e bebais a minha mesa no meu reino e vos assenteis sobre tronos para julgar as doze tribos de Israel”. Lucas 22:29 e 30.

  20. Porque não há igualdade entre O Pai e o Filho, conforme Jesus disse que “O Pai é maior do que eu” (João 14:28). E por que Jesus também disse: “Deus meu, Deus meu...” Mat. 27:46 + . Paulo escreveu que Deus é o cabeça de Cristo: “Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o cabeça de todo homem, e o homem, o cabeça da mulher, e Deus, o cabeça de Cristo”. I Cor. 11:3. Apesar disso, Jesus pode fazer tudo o que Deus faz: João 5:19.

  21. Porque Jesus disse que a salvação não é obra de uma trindade ou triunidade: “E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”. João 17:3. E o apóstolo João diz exatamente isso no livro do Apocalipse: “e clamavam em grande voz, dizendo: Ao nosso Deus que se assenta no trono, e ao Cordeiro, pertence a salvação”. Apoc. 7:10.

  22. Porque está escrito: “Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus”. Apoc. 14:12.

  23. Porque se o E. S. fosse uma outra pessoa ele não seria ilustrado na Bíblia sempre como um símbolo impessoal: pomba (Mat. 3:16 +), fogo (Mat. 3:11 +), vento (João 3:8) línguas de fogo (Atos 2:3), dom, (Atos 8:20), óleo de alegria (Heb. 1:9), 7 tochas de fogo (Apoc. 4:5), 7 olhos do Cordeiro (Apoc. 5: 6 e 7), etc.

  24. Porque se Deus fosse triúno, faltaria a 3ª “pessoa” na apresentação do livro do Apocalipse (Apoc. 1:1): “Revelação de Jesus Cristo que Deus Lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer e que ele, enviando por intermédio do seu anjo, notificou ao seu servo João”. Leia novamente, por favor: REVELAÇÃO DE JESUS CRISTO, QUE DEUS LHE DEU PARA MOSTRAR AOS SEUS SERVOS AS COISAS QUE EM BREVE DEVEM ACONTECER E QUE ELE, ENVIANDO POR INTERMÉDIO DE SEU ANJO, NOTIFICOU AO SEU SERVO JOÃO". Apoc. 1:1.

  25. Então Pedro, cheio do Espírito Santo, lhes disse: Autoridades do povo e anciãos... Este Jesus é pedra rejeitada por vós, os construtores, a qual se tornou a pedra angular. E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”. Atos 4:8, 11 e 12. Diante disso, entendemos completamente porque não é para batizarmos em nome da Divindade (Pai, Filho e Espírito Santo - Mat. 28:19*), pois Pedro disse: “E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos” (Atos 4:12), e anteriormente a esse acontecimento, Pedro falou (no batismo de quase três mil pessoas – Atos 2:41): “arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo (Atos 2:38). No livro de Atos os primeiros discípulos batizavam no nome de Jesus. (Atos 2:38, 8:16, 10:48 e 19:5). E os discípulos, cheios do E. S., não poderiam desobedecer à ordem dada por Jesus ou esquecerem-se dela. Além disso, o apóstolo Paulo em Rom. 6:3, escreve em nome de quem ele foi batizado: “Ou, porventura, ignorais que todos nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte”? E para não ter nenhuma dúvida, em Gálatas 3:27, ele escreveu: “porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes”. *Se você está se perguntando por que “Mateus” escreveu esse verso, a Bíblia de Jerusalém, que segundo alguns teólogos é a tradução mais fiel dos textos sagrados originais, numa nota explicativa desse versículo (Mat. 28:19), revela o seguinte: É possível que, em sua forma precisa, essa fórmula reflita influência do uso litúrgico posteriormente fixado na comunidade primitiva. Sabe-se que o livro dos Atos fala em batizar “no nome de Jesus” (cf. At 1,5 +; 2,38 +). Mais tarde deve ter-se estabelecido a associação do batizado às três pessoas da Trindade...”.

  26. Porque o Apocalipse repetidamente mostra que O Espírito é Jesus (Apoc. 3:21 e 22, 2:26 a 29, 3:5 e 6, 3:12 e 13), veja: “Então, veio um dos sete anjos que têm as sete taças cheias dos últimos sete flagelos e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro”. (Apoc. 21:9). “O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida”. (Apoc. 22:17).

  27. Porque se a trindade existisse Jesus não teria dito que ele conhece o Pai e o Pai o conhece: “assim como o Pai me conhece a mim, e eu conheço o Pai; e dou a minha vida pelas ovelhas”. João 10:15. E Jesus não Se esqueceu do Espírito Santo quando disse isso.

  28. Porque se o E. S. fosse uma 3ª “pessoa” e tivesse uma personalidade, Paulo não teria escrito em Gálatas 4:6: “E, porque vós sois filhos, enviou Deus ao nosso coração o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai!” E em Filipenses 1:19: “Porque estou certo de que isto mesmo, pela vossa súplica e pela provisão do Espírito de Jesus Cristo, me redundará em libertação,...”.

  29. Porque se o E. S. fosse uma 3ª “pessoa” e tivesse uma personalidade, Pedro não teria escrito em I Pedro 1: 10 e 11 que o E. S. é o Espírito de Cristo: “Foi a respeito desta salvação que os profetas indagaram e inquiriram, os quais profetizaram acerca da graça a vós outros destinada, investigando, atentamente qual a ocasião ou quais as circunstâncias oportunas, indicadas pelo Espírito de Cristo, que neles estava, ao dar de antemão testemunho sobre os sofrimentos referentes a Cristo e sobre as glórias que os seguiriam”.

  30. Porque não há Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, já que Paulo escreveu em Romanos 8:9 que o E. S. é o Espírito de Deus ou o Espírito de Cristo: “Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele”. Diante disso, é possível entendermos o que Pedro disse nos versos a seguir, não se refere a uma 3ª “pessoa” e sim ao Espírito de Deus ou o Espírito de Jesus, o Espírito Santo: “Então disse Pedro, Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, reservando parte do valor do campo? Conservando-o, porventura, não seria teu? E, vendido, não estaria em teu poder? Como, pois, assentaste no coração este desígnio? Não mentiste aos homens, mas a Deus”. Atos 5: 3 e 4.

  31. Porque está escrito: “E acontecerá que nos últimos dias derramarei o meu Espírito sobre toda carne...” (Joel 2:28), e uma pessoa não pode ser derramada.

  32. Porque Jesus disse que estaria conosco todos os dias até a consumação do século: “... eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século”. Mat. 28:20.

  33. Porque Jesus foi levado ao deserto pelo E. S. para ser tentado e após Sua vitória, Mateus, Marcos e Lucas registram que anjos O serviram (Mat. 4:1 a 11 +). O E. S. não O serviu também porque não é uma 3ª “pessoa”, apesar de Jesus já ter sido batizado com o E. S. e com poder (Atos 10:38) antes da tentação no deserto.

  34.  Porque se houvesse igualdade entre o Pai e o Filho, Jesus no livro do Apocalipse não teria falado (Apoc. 3:12): “Ao vencedor, fá-lo-ei coluna no santuário do meu Deus, e daí jamais sairá; gravarei sobre ele o nome do meu Deus, o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém que desce do céu, vinda da parte de Deus, e o meu novo nome”.

  35. Porque em Mateus: 24:36 Jesus diz: “Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai”.

  36. Porque de acordo com I Cor. 3:16 e 17 e 6:19 e 20, nosso corpo é templo do E. S. e Paulo escreveu que devemos glorificar a Deus em nosso corpo, e não glorificar o Espírito Santo: “Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo”. I Cor. 6:20.

  37. Porque em Atos 5:32 Lucas escreve que Deus outorgou o seu Espírito. E Deus não deu um outro deus, mas o poder dEle: “Ora, nós somos testemunhas destes fatos, e bem assim, o Espírito Santo, que Deus outorgou aos que lhe obedecem”.

  38. Porque o livro do Apocalipse fala nos 7 Espíritos de Deus enviados por toda a Terra (Apoc. 5:6), que é visto como 7 tochas de fogo por João (Apoc. 4:5) e como os 7 olhos do Cordeiro (Apoc. 5: 6 e 7), apesar de nesses capítulos (4 e 5) terem sidos citados Deus, Jesus (Cordeiro), os anjos, os 24 anciãos e os quatros seres viventes. Novamente o Espírito Santo é citado como símbolo impessoal (7 tochas de fogo e 7 olhos), já que não é uma 3ª “pessoa” e nem tem uma personalidade.

  39. Porque está escrito: “Porquanto há um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem,... (I Tim. 2:5). Se existisse a 3ª ”pessoa“ da trindade, Paulo não chamaria Jesus (o único mediador) de Espírito (Rom. 8:26 e 27) e Hebreus 7:25 não registraria: “por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles”.

  40. Porque Jesus disse: “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra”. Atos 1:8. Os discípulos não receberam uma “pessoa” mas o poder de Deus, conforme Jesus falou.

  41. Porque apesar dos trinitarianos gostarem de utilizar Rom. 8:11: “Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita”, na tentativa de dizer que a trindade ressuscitou Jesus, é possível identificarmos, no mínimo, os seguintes problemas: 1º: esse verso diz claramente que quem ressuscitou Jesus foi Deus. 2º: se a trindade tivesse ressuscitado Jesus, conforme crêem os teólogos trinitarianos, não seria necessário um anjo para remover a pedra do túmulo (Mat. 28:2, Marcos 16:5 a 7). Como foi Deus que ressuscitou Jesus e como o E. S. não é uma 3ª “pessoa”, um anjo veio retirar a pedra do túmulo de Jesus.

  42. Porque se existisse trindade, não seria possível um ser humano batizar outro com o Deus Espírito Santo ou o Deus Espírito Santo ficar subordinado à ação de um homem, por mais santo que ele seja: “Então, Ananias foi e, entrando na casa, impôs sobre ele as mãos, dizendo: Saulo, irmão, o Senhor me enviou, a saber, o próprio Jesus que te apareceu no caminho por onde vinhas, para que recuperes a vista e fiques cheio do Espírito Santo. A seguir, levantou-se e foi batizado”. Atos 9:17 e 18. Não podemos ficar cheios de uma pessoa. Mas podemos ficar cheios de um poder.

  43. Porque os trinitarianos dizem que o outro Consolador é a 3ª “pessoa” da trindade, mas Jesus disse que o outro Consolador (João 14:16) é Ele mesmo: “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós. Não vos deixarei órfãos, voltarei para vós outros”. João 14:16 a 18. João 17:26: “Eu lhes fiz conhecer o teu nome e ainda o farei conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles, e eu neles esteja”. Leia também Mateus 28:20. Jesus disse que Ele é “o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. João 14:6. Lembre-se que Jesus às vezes refere-se a Ele mesmo na 3ª pessoa do singular, como se fosse um outro ou outra pessoa que não Ele mesmo: “Quando ele saiu, disse Jesus: Agora, foi glorificado o Filho do Homem, e Deus foi glorificado nele; se Deus foi glorificado nele, também Deus o glorificará nele mesmo; e glorificá-lo-á imediatamente”. João 13:31 e 32. Assim como no verso a seguir não parece que foi dito por Jesus, mas foi sim: “E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”. João 17:3

  44. Porque se a 3ª “pessoa” da trindade existisse realmente, Jesus não teria dito: “Naquele dia vós conhecereis que eu estou em Meu Pai, e vós, em Mim, e eu, em vós. Aquele que tem os Meus mandamentos e os guarda, esse é o que Me ama; e aquele que me ama será amado por Meu Pai, e Eu também o amarei e me manifestarei a ele”. João 14:20 e 21. Veja também João 15:9 e 10.

  45. O momento foi terrível: ninguém nunca sofreu tanto assim e ninguém jamais sofrerá. Jesus está no Getsêmani. Angustia-se pelos pecados do mundo. Sua gotas de sangue. Suplica ao Pai três vezes que seja poupado (Mat. 26:36 a 46, Marcos 14:32 a 42, Lucas 22:39 a 46), mas diz também que seja feita a vontade do Pai. No livro de Lucas está registrado que um anjo do céu O confortava (Lucas 22:43). Não foi possível o E. S. auxiliá-lo, ajudá-lo ou confortá-lo porque não é uma 3ª “pessoa”, apesar de Jesus ter sido ungido com o Espírito Santo e com poder, conforme Lucas registrou em Atos 10:38, ao ser batizado no rio Jordão, no início do Seu ministério.

  46. Porque a 3ª “pessoa” da trindade não aparece na crucificação de Jesus. (Um dos momentos mais importantes na história do nosso mundo!). Mat. 27:45 a 56, Marcos 15:33 a 41, Lucas 23:44 a 49, João 19:28 a 30.

  47. Porque a 3ª “pessoa” da trindade não aparece na segunda vinda de Jesus (A nossa grande esperança!). Mat. 24: 29 a 31, Marcos 13:24 a 27, Lucas 21:25 a 28, I Tess. 4:16 e 17, II Pedro 3:7 a 13, Apoc. 1:7.

  48. Porque a trindade (Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo) também não existe no Novo Céu, na Nova Terra e na Nova Jerusalém. Apoc. 21:1 a 22:21. Ou seja, o governo do novo Céu, da Nova Terra e da Nova Jerusalém é de Deus o Pai e de Jesus Cristo: “Nela, não vi santuário, porque o seu santuário é o Senhor, o Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro. A cidade não precisa nem do sol, nem da lua, para lhe darem claridade, pois a glória de Deus a iluminou, e o Cordeiro é a sua lâmpada”. Apoc. 21:22 e 23. E se você ainda tem alguma dúvida, veja: “O sétimo anjo tocou a trombeta, e houve no céu grandes vozes, dizendo: o reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos”. Apoc. 11:15. E se você ainda não tem certeza absoluta: “Então, ouvi grande voz do céu, proclamando: Agora, veio a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do seu Cristo, pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus”. Apoc. 12:10.

  49. Porque se a trindade fosse bíblica, o E. S. fosse uma 3ª “pessoa” e tivesse uma personalidade, Jesus jamais teria dito: “... quem me vê a mim, vê o Pai”. João 14:9. Ele teria falado quem vê a Mim, vê o Pai e vê também o Espírito Santo.

  50. Porque é Jesus quem aparece para Saulo no caminho de Damasco (Atos 9:1 a 9). O E. S. já tinha sido derramado antes de Saulo encontrar-se com Jesus (Atos 2:1 a 4). Então, se o E. S. fosse uma 3ª “pessoa” ou tivesse personalidade, ele teria aparecido a Saulo no caminho de Damasco e aparecido a Paulo quando ele (Paulo) foi batizado com o E. S. (Atos 9:17). Alguns trinitarianos dizem que foi Jesus quem apareceu devido ao fato de Saulo ir perseguir a Jesus. Se for devido a isso, por que então Jesus disse que o Espírito Santo (que já tinha sido enviado pelo Pai e por Ele quando esse fato acontece) é quem convenceria “do pecado (Saulo estava em pecado), da justiça (Saulo estava cometendo uma injustiça) e do juízo”?

  51. Porque se existisse trindade Paulo não escreveria: “Ora, Àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações para todo o sempre. Amém”. Efésios 3:20 e 21.

  52. Porque Paulo não se esqueceu da 3ª “pessoa” da trindade quando escreveu I Tess. 3:11 a 13: “Ora, o nosso mesmo Deus e Pai, e Jesus, nosso Senhor, dirijam-nos o caminho até vós, e o Senhor vos faça crescer e aumentar no amor uns para com os outros e para com todos, como também nós para convosco, a fim de que seja o vosso coração confirmado em santidade, isento de culpa, na presença de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus, com todos os seus santos”.

  53. Porque João não se esqueceu da 3ª “pessoa” da trindade ao escrever, inspirado pelo Espírito de Deus, o verso que é considerado “áureo” da Bíblia: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito para todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. João 3:16.

  54. Porque não seria possível o apóstolo Paulo esquecer-se da 3ª “pessoa” da trindade em todas (13 cartas sem contar com o livro de Hebreus) as cartas assinadas por ele ao fazer a saudação (início das cartas) citar O Pai e Jesus Cristo, escrevendo, na maioria das vezes assim: “... graça e paz a vós outros, da parte de Deus, nosso Pai e da do Senhor Jesus Cristo”.

  55. Porque não há possibilidade de Tiago, em sua epístola, ter esquecido a 3ª “pessoa” da trindade já que escreveu: “Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que se encontram na Dispersão, saudações”.Tiago 1:1

  56. Porque Jesus disse: “Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco! Assim como O Pai Me enviou, Eu também vos envio. E havendo dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: recebei o Espírito Santo”. João 20:21 e 22. Se o E. S. fosse uma 3ª “pessoa” e tivesse uma personalidade Jesus teria apresentado-o e não teria soprado-o, já que não é possível uma pessoa ser soprada.

  57. Porque no capítulo 1º de Gênesis, dois seres são citados: Deus e o Espírito de Deus. Os teólogos trinitarianos tentam nos convencer que o Espírito de Deus é a 3ª “pessoa” da trindade. Jó 33:4 diz que “o Espírito do Senhor me fez”. Para ficar bem claro quantos seres são, João, no N. T. diz que “no princípio era o Verbo, o Verbo estava com Deus e o verbo era Deus... e que todas as coisas foram feitas por intermédio dele” (Jesus) João 1:1 a 3 (Dois Seres). Moisés jamais deixaria de citar em Gênesis justamente Aquele que todas as coisas foram feitas por intermédio dEle (Jesus). O livro de Hebreus relata que foi mediante Jesus que Deus fez o universo (Heb. 1:2 – Dois Seres). Paulo escreveu em Colossenses 1:15 e 16: “Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação, pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele (Dois Seres). O apóstolo João que escreveu “no princípio era o verbo...” (João 1:1 p.p.), em Apocalipse 14:7 escreve: “... Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas (Dois Seres). E se você ainda tem alguma dúvida de quantos seres participaram da Criação, veja o que Jesus disse: “Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que me confiaste para fazer; e, agora, glorifica-me, ó Pai, contigo mesmo, com a glória que eu tive junto de ti, antes que houvesse mundo”. (Dois Seres) João 17: 4 e 5.

  58. Porque Jesus disse e Mateus registrou: “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em Meu nome, ali estou no meio deles”. Mat. 18:20. Esta passagem bíblica nos lembra outra citação de Jesus: “... eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século”. Mat. 28:20.

  59. Porque está escrito: “Ninguém jamais viu a Deus; se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o Seu amor é, em nós, aperfeiçoado. Nisto conhecemos que permanecemos nele, e Ele, em nós: em que nos deu do Seu Espírito”. I João 4:12 e 13. Deus não nos deu um 3º deus, mas o Seu poder, conforme Jesus disse: “mas recebereis poder, ao descer sobre vós o E. Santo...” Atos 1:7 p.p.

  60. Porque Hebreus 10:29 identifica o Espírito da Graça como Jesus: “De quanto mais severo castigo julgais vós será considerado digno aquele que calcou aos pés o Filho de Deus, e profanou o sangue da aliança com o qual foi santificado, e ultrajou o Espírito da Graça”.

  61. Porque João escreveu: “... ora a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo”. I João 1:3.

  62. Porque está escrito: “E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e está vida está no Seu Filho. Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida”. I João 5:11 e 12.

  63. “Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor”. Rom. 8:38 e 39.

  64. Porque está escrito “... tudo é vosso, e vós, de Cristo, e Cristo, de Deus”. I Cor. 3:22 (u. p.) e 23.

  65. Porque Lucas escreveu (1:39 a 45): “Naqueles dias, dispondo-se Maria, foi apressadamente à região montanhosa, a uma cidade de Judá, entrou na casa de Zacarias e saudou Isabel. Ouvindo esta a saudação de Maria, a criança lhe estremeceu no ventre; então, Isabel ficou possuída do Espírito Santo. E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre! E de onde me provém que me venha visitar a mão do meu Senhor? Pois, logo que me chegou aos ouvidos a voz da tua saudação, a criança estremeceu de alegria dentro de mim. Bem-aventurada a que creu, porque serão cumpridas as palavras que lhe foram ditas da parte do Senhor”. Porque se o E. S. fosse uma pessoa, ele não teria possuído Isabel. Há vários exemplos na Bíblia de pessoas que ficaram possuídas por outro(s) ser(es) e em conseqüência disso, não sabem o que fazem e perdem completamente, entre outras coisas, a autonomia e a consciência (enquanto estão possuídas). Mas Deus não utiliza os métodos de Satanás. Isabel não ficou possuída por uma pessoa, mas cheia do poder de Deus, conforme o anjo Gabriel disse a Maria: “Respondeu-lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá... ” Lucas 1:35 p.p.

  66. Porque Jesus disse: “Eis que vem a hora e já é chegada em que sereis dispersos, cada um para a sua casa, e me deixareis sós; contudo, não estou só, porque O Pai está comigo.” João 16:32. Jesus foi ungido com o E. S. e com poder muito antes desse momento, conforme relatado em Atos 10:38, no início do Seu ministério, ao ser batizado no rio Jordão. Se o E. S. fosse uma 3ª “pessoa”, Ele teria dito que o E. S. estava com Ele, já que foi ungido com o E. S. no início do Seu ministério.

  67. Porque está escrito: “Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”. Filipenses 3:13 e 14.

68.   Porque a 3ª “pessoa” da trindade não é citada na Santa Ceia. Mat. 26: 26 a 30 +.

  1. Porque se existisse trindade, Jesus não diria: “Assim como o Pai, que vive, me enviou, e igualmente eu vivo pelo Pai, também quem de Mim se alimenta por Mim viverá”. João 6: 57.

  2. Porque apesar dos trinitarianos gostarem de utilizar o texto que está em II Cor. 13:13* que fala na Divindade: “A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós” para tentarem nos convencer que são 3 “pessoas”, o Apocalipse diz que a adoração só deve ser dada a Deus e ao Cordeiro (2 “pessoas”): “Então, ouvi que toda criatura que há no céus e sobre a terra, debaixo da terra e sobre o mar, e tudo o que neles há, estava dizendo: Àquele que está sentado no trono e ao Cordeiro, seja o louvor, e a honra, e a glória, e o domínio pelos séculos dos séculos. E os quatro seres viventes respondiam: Amém! Também os anciãos prostraram-se e adoraram”. Apoc. 5:13 e 14. É válido lembrar que a Bíblia fala em Deus, Jesus e Espírito Santo. E não na trindade: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. *A Bíblia de Jerusalém, que para alguns teólogos é a melhor tradução da Bíblia, numa nota explicativa desse texto (II Cor. 13:13) diz: Essa fórmula trinitária, provavelmente de origem litúrgica (conf. Mat. 28,19),...”.

  3. Porque está escrito: “Vi também tronos, e nestes sentaram-se aqueles aos quais foi dada autoridade de julgar. Vi ainda as almas dos decapitados por causa do testemunho de Jesus, bem como por causa da palavra de Deus, tantos quantos não adoraram a besta, nem tampouco a sua imagem, e não receberam a marca na fronte e na mão. E viveram e reinaram com Cristo durante mil anos”. Apoc. 20:4.

  4. Porque está escrito em Isaías 55:5 a 7: “Eis que chamarás a uma nação que não conheces, e uma nação que nunca te conheceu correrá para junto de ti, por amor do Senhor, teu Deus, e do Santo de Israel, porque este te glorificou. Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo, os seus pensamentos, converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele, e volte-se para o nosso Deus, porque é rico em perdoar”.

  5.  Porque está escrito: “O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”. I Tess. 5:23.

  6. Porque Jesus disse: “Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus”. João 3:36. Diante de tal afirmação fica fácil entendermos que Ele (Jesus) disse que o pecado contra o Espírito Santo não será perdoado (Mat. 12:32). Os trinitarianos gostam muito de utilizar esse texto. Eles dizem inclusive que Deus perdoa (“Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem!” Lucas 23:34) e que Jesus também perdoa conforme Ele mesmo disse (Mat. 12:32), mas que a 3ª “pessoa” da trindade não perdoa. Partindo do princípio trinitariano que o Espírito Santo é uma pessoa, 1º problema: O Deus Espírito Santo é maior do que Deus Pai e do que Jesus Cristo? 2º problema: não há um consenso na trindade (Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo)? 3º problema: afinal, quem está com a razão: Deus, O Pai e Deus O Filho, que perdoam ou o Deus Espírito Santo que não perdoa? (Veja que no verso 30 desse mesmo capítulo 12, Jesus diz: “Quem não é por mim é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha”).

  7.  Porque está escrito: “Ninguém jamais viu a Deus; o Deus unigênito, que está no seio do Pai, é quem o revelou”. João 1:18.

  8. Porque Jesus disse que os únicos que tem vida em Si mesmos são Ele e o Pai: “Porque assim como o Pai tem vida em Si mesmo, também concedeu ao Filho ter vida em Si mesmo”. João 5:26.

  9. Porque não faltou a 3ª “pessoa” da trindade na declaração de Jesus quando Ele disse: “mas, se faço, e não me credes, crede nas obras; para que possais saber e compreender que o Pai está Mim, e Eu estou no Pai”. João 10:38.

  10. Porque João não se esqueceu da 3ª “pessoa” da trindade quando inspirado pelo Espírito de Deus escreveu: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem Ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nEle e a vida era a luz dos homens”. João 1:1 a 4. Heb. 1:2 diz que Deus fez o universo através de Jesus.

  11. Porque apesar dos teólogos trinitarianos dizerem que a trindade está presente em toda a Bíblia, veja o que o apóstolo Paulo escreveu em I Cor. 10:1 a 5 referindo-se a fatos do Antigo Testamento: “Ora, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais estiveram todos sob a nuvem, e todos passaram pelo mar, tendo sido todos batizados, assim na nuvem como no mar, com respeito a Moisés. Todos eles comeram de um só manjar espiritual e beberam da mesma fonte espiritual; porque bebiam de uma pedra espiritual que os seguia. E a pedra era Cristo. Entretanto, Deus não se agradou da maioria deles, razão por que ficaram prostrados no deserto”.

  12. Porque apesar da doutrina da trindade ensinar que há igualdade entre Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, Paulo escreveu: “Quero, entretanto, que saibais ser Cristo O cabeça de todo homem, e o homem, o cabeça da mulher, e Deus, o cabeça de Cristo”. I Cor. 11:3.

  13. Porque está escrito: “Graças a Deus que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo”. I Cor. 15:57.

  14. Porque está escrito em II Cor. 2:14: “Graças, porém, a Deus, que, em Cristo, sempre nos conduz em triunfo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento”.

  15. Porque a doutrina da trindade não consegue explicar também II Cor. 5:18 a 20 que fala sobre o ministério da reconciliação: “Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus”.

  16. “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas”. Efésios 2:8.

  17. Porque a 3ª “pessoa” da trindade não aparece nos serviços sacrificais realizados no tabernáculo. Êxodo, Levítico e Números.

  18. Porque se o Espírito Santo fosse uma 3ª “pessoa”, Simão que presenciou pessoas sendo batizadas com o Espírito Santo não pediria que fosse batizado com este poder. Atos 8:18 e 19: “Vendo, porém, Simão que, pelo fato de imporem os apóstolos as mãos, era concedido o Espírito [Santo], ofereceu-lhes dinheiro, propondo: Concedei-me também a mim este poder, para que aquele sobre quem eu impuser as mãos receba o Espírito Santo”.

  19. Porque se o Espírito Santo fosse uma 3ª “pessoa” Pedro não responderia para Simão que queria comprar o E. S. que ele (Simão) não poderia receber o dom de Deus. Atos 8:20: “Pedro, porém, lhe respondeu: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois julgaste adquirir, por meio dele, o dom de Deus”.

  20. Porque está escrito: “Dou graças ao meu Deus, lembrando-me, sempre, de ti nas minhas orações, estando ciente do teu amor e da fé que tens para com O Senhor Jesus e todos os santos, para que a comunhão da tua fé se torne eficiente no pleno conhecimento de todo bem que há em nós, para com Cristo”. Filemom 1:4 a 6.

  21. Porque está escrito: “E a paz de Deus que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus”. Fil. 4:7.

  22. Porque Jesus disse: “Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos. Como o Pai me amou, também vos amei; permanecei no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; assim como também eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e no seu amor permaneço”. João 15:8 a 10. E Jesus não Se esqueceu de ninguém.

  23. Porque está escrito: “... para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele”. Efésios 1:17. O Deus de Jesus e nosso nos concede o poder e não um 3º deus.

  24. Porque se houvesse igualdade entre o Pai, o Filho e o E. S., Jesus não diria: “Recomendou-lhes Jesus: Não me detenhas; porque ainda não subi para Meu Pai, mas vai ter com os meus irmãos e dize-lhes: subo para Meu Pai e vosso Pai, para Meu Deus e vosso Deus” (João 20:17). Deus Pai, é O Deus de Jesus. Apesar de dizerem que são três iguais Jesus não é O Deus de Deus.

  25. Porque João escreveu: “nela, não vi santuário, porque o seu santuário é O Senhor, O Deus Todo-Poderoso, e O Cordeiro”. Apoc. 21:22.

  26. Porque está escrito: “Olhei e eis o Cordeiro em pé sobre o monte Sião, e com Ele cento e quarenta e quatro mil, tendo na fronte escrito O Seu nome e o Nome de Seu Pai”. Apoc. 14:1.

  27. Porque Jesus disse: “Crede-me que estou no Pai, e O Pai, em mim; crede ao menos por causa das mesmas obras”. João 14:11. E a citação de Jesus não está incompleta.

  28. Porque apesar dos trinitarianos gostarem de usar I João 5:7 e 8*: “Pois há três que dão testemunho [no céu: O Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra]: o Espírito, a água e o sangue, e os três são unânimes em um só propósito”; o texto diz que três dão testemunho no céu. Observe bem que o verbo está no presente: dão. 1º problema: Jesus vai para o céu e o E. S. vem para a Terra. Logo, três não dão testemunho no céu: somente Dois. 2º problema: Quantos seres Estêvão viu no céu quando foi apedrejado? Dois (Atos 7:55)! João no livro do Apocalipse ao mencionar o trono da Divindade, vê o trono de Deus, do Cordeiro e do Espírito Santo? Não, ele vê o trono de Deus e do Cordeiro (Apoc. 22:1, 3, 3:21) e também o trono dos 24 anciãos (Apoc. 4:4). 3º problema: Por que só a 3ª “pessoa” da trindade dá testemunho no céu e na terra? É ela mais poderosa do que Deus O Pai e Jesus Cristo? 4º problema: é muito estranho a água e o sangue estarem em um mesmo nível de igualdade que a 3ª “pessoa” da trindade. E se você ainda tem alguma dúvida, veja através das palavras de Jesus quantos deram testemunho no céu: “E, agora, glorifica-me, ó Pai, contigo mesmo, com a glória que eu tive junto de ti, antes que houvesse mundo”.  (Dois) João 17:5. E você já sabe quantos darão testemunho no céu: “Nunca mais haverá qualquer maldição. Nela, estará o trono de Deus e do Cordeiro. Os seus servos o servirão”. (Dois) Apoc. 22:3. *A Bíblia de Jerusalém, preferida por vários teólogos, tem uma nota explicativa desse texto (I João 5:7 e 8) que diz assim: “o texto dos vv. 7-8 está acrescido na Vulg. de um inciso (aqui abaixo entre parênteses) ausente dos antigos mss gregos, das antigas versões e dos melhores mss da Vulg., o qual parece ser uma glosa marginal introduzida posteriormente no texto: “Porque há três que testemunham (no céu: o Pai, o Verbo e o Espírito Santo, e esses três são um só; e há três que testemunham na terra): o Espírito, a água e o sangue, e esses três são um só”.

  29. Porque está escrito: “Judas, servo de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos chamados, amados em Deus Pai e guardados em Jesus Cristo, a misericórdia, a paz e o amor vos sejam multiplicados”. Judas 1 e 2.

  30. Porque está escrito: “Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeços e para vos apresentar com exultação, imaculados diante da sua glória, ao único Deus, nosso Salvador, mediante Jesus Cristo, Senhor nosso, glória, majestade, império e soberania, antes de todas as eras, e agora, e por todos os séculos. Amém!” Judas 24 e 25.

  31. Porque Lucas escreveu: “Teve Paulo durante a noite uma visão em que o Senhor lhe disse: Não temas; pelo contrário, fala e não te cales; porquanto Eu estou contigo, e ninguém ousará fazer-te mal, pois tenho muito povo nesta cidade. E ali permaneceu um ano e seis meses, ensinando entre eles a palavra de Deus”. Atos 18:9 a 11. É Jesus quem falou com Paulo e não a 3ª “pessoa” da trindade.

  32. Porque está escrito: “Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo; por intermédio de quem obtivemos igualmente acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes; e gloriamo-nos na esperança da glória de Deus”. Rom. 5:1 e 2.

  33. Porque Paulo escreveu: “Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que não poupou o Seu próprio Filho, antes por todos nós O entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, O qual está à direita de Deus e também intercede por nós”. Rom. 8:31 a 34.

  34. Porque se para os teólogos trinitarianos é a trindade quem salva, veja o que foi revelado a João e ele escreveu no livro do Apocalipse: “... e clamavam em grande voz, dizendo: ao nosso Deus, que se assenta no trono, e ao Cordeiro, pertence a salvação”. Apoc. 7:10.

  35. Porque Lucas escreveu: “Na noite seguinte, O Senhor, pondo-se ao lado dele, disse: Coragem! Pois do modo por que deste testemunho a Meu respeito em Jerusalém, assim importa que também o faças em Roma”. Atos 23:11. Você entendeu quem apareceu para o apóstolo Paulo? Jesus! Segundo a doutrina da trindade deveria ser a 3ª “pessoa”.

  36.            Porque os 144.000 são as primícias para Deus e para o Cordeiro: “São estes os que não se macularam com mulheres, porque são castos. São eles os seguidores do Cordeiro por onde quer que vá. São os que foram redimidos dentre os homens, primícias para Deus e para o Cordeiro”. Apoc. 14:4.

  37. Porque apesar dos trinitarianos gostarem de usar esse verso (o aviso do nascimento de Jesus dado a Maria), observe bem o que Lucas relata no cap. 1 verso 26: “No sexto mês (de gestação de João Batista), foi o anjo Gabriel enviado, da parte de Deus, para uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,...” verso 35: “Respondeu-lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus”. Se o E. S. fosse uma 3ª “pessoa” ou se tivesse uma personalidade, ele mesmo teria dado a notícia a Maria e não haveria necessidade do anjo Gabriel fazê-lo. Como o E. S. não é uma 3ª “pessoa” e não tem uma personalidade, o anjo Gabriel foi enviado por Deus para dar a notícia a Maria.

  38. Porque Jesus não Se esqueceu da 3ª “pessoa” da trindade quando contou a parábola dos lavradores maus. Mat. 21:33 a 46; Mc 12:1 a 12 e Lc 20:9 a 18.

  39. Porque Jesus disse: “Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela que subsiste para a vida eterna, a qual o Filho do Homem vos dará; porque Deus, O Paiomem vos dará; porque Deus. O Pai, O confirmou com O Seu selo. Dirigiram-se, pois, a Ele, perguntando: Que faremos para realizar as obras de Deus? Respondeu-lhes Jesus: a obra de Deus ´pe esta: que criais naquele que por Ele foi enviado.cvdffdfdfdfdfdfdfdfdyyuy, O confirmou com o Seu selo. Dirigiram-se, pois,  a Ele, perguntando: Que faremos para realizar as obras de Deus? Respondeu-lhes Jesus: A obra de Deus é esta: que creiais nAquele que por Ele foi enviado”. João 6:27 a 29.

  40. Porque Jesus disse: “Eis que envio sobre vós a promessa de meu Pai; permanecei, pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder”. Lucas 24:49.

  41. Porque Jesus disse: “Ora, se vós que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que lho pedirem? Lucas 11:13. O E. S. não é uma 3ª “pessoa” mas sim uma dádiva de Deus. Se ele fosse uma “pessoa” teria iniciativa de dar-se.

  42. Porque apesar dos trinitarianos procurarem enfatizar a 3ª “pessoa” da trindade no livro de Atos, Lucas cita que Jesus (aparições a Paulo – Atos 9:1 a 9, 18:9 a 11 e 23:11) atua e os anjos também. Veja por exemplo, esta passagem: “Um anjo do Senhor falou a Filipe dizendo: dispõe-te e vai para o lado sul, no caminho que desce de Jerusalém a Gaza; este se acha deserto. Ele se levantou e foi”. Atos 8:26. Jesus e os anjos também fazem o trabalho que fomos ensinados a pensar que só a 3ª “pessoa” da trindade faz.

  43. Porque apesar do fato de que os teólogos trinitarianos quererem que confessemos que Deus é triúno, a Bíblia diz: “Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, crer que Deus O ressuscitou dentre os mortos, serás salvo”. Rom. 10:9. E não foi a trindade quem ressuscitou Jesus. Como este, há vários textos na Bíblia que explicam que foi Deus quem ressuscitou Jesus.

  44. Porque a Bíblia manda que: “... toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai”. Fil. 2:11, Heb. 3:1 e I João 4:14 e 15.

  45. “... porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê ser Jesus o Filho de Deus”. I João 5:4 e 5.

  46. Porque está escrito: “Ora, O Deus de toda graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de terdes sofrido por um pouco, Ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar”. I Pedro 5:10.

  47. Porque em I Pedro 4:11 está escrito: “Se alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus; se alguém serve, faça-o na força que Deus supre, para que, em todas as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém”!

  48. Porque está escrito “... mas os que foram chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus”. I Cor. 1:24.

  49. “Porque decidi nada saber entre vós senão a Jesus Cristo e este crucificado. E foi em fraqueza, temor e grande tremor que eu estive entre vós. A minha palavra e a minha pregação não consistiram em linguagem persuasiva de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e de poder, para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria humana, e sim no poder de Deus”. I Cor. 2:2 a 5.

  50. Porque Jesus disse: “Tudo me foi entregue por Meu Pai. Ninguém conhece o Filho, senão o Pai. E ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar”. Mat. 11:27. “Ninguém jamais viu a Deus; o Deus unigênito, que está no seio do Pai, é quem o revelou”. João 1:18. Se ninguém conhece O Pai, a não ser O Filho e ninguém conhece O Filho senão O Pai, logo: “E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que Ele intercede pelos santos” (Rom. 8:27). O único intercessor entre Deus e os homens é Jesus (I Tim. 7:25). E Ele disse também: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por Mim” (João 14:6). Então, assim como Moisés (Gên. 1:2), Jó (33:4), João (Apoc. 3:5 e 6 +), Hebreus (10:29), Paulo nesse verso (Rom. 8:27) chama Jesus de Espírito.  Ou seja, o Espírito segundo a Bíblia é Jesus.

  51. Porque João escreveu: “Então, ouvi grande voz do céu, proclamando: Agora, veio a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do Seu Cristo, pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus”. Apoc. 12:10.

  52. Porque está escrito: “Bendito seja O Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, O Pai de misericórdias e Deus de toda consolação!” II Cor. 1:3.

  53. Porque está escrito “... dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo,...” Efésios 5:20.

  54. Porque Jesus disse: “Mas vós, continuou Ele, quem dizeis que Eu sou? Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és O Cristo, O Filho do Deus vivo. Então, Jesus Lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que te revelaram, mas Meu Pai, que está nos céus”. Mat. 16:15 a 17. 

  55. Porque está escrito: “a graça, a misericórdia e a paz, da parte de Deus Pai e de Jesus Cristo, o Filho do Pai, serão conosco em verdade e amor”. II João 3.

  56. Porque está escrito: “e nos constituiu reino, sacerdotes para o seu Deus e Pai, a Ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!” Apoc. 1:6.

  57. Porque está escrito: “ao Deus único e sábio seja dada glória, por meio de Jesus Cristo, pelos séculos dos séculos. Amém”. Rom. 16:27.

  58. Porque está escrito: “Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus. O que permanece na doutrina, esse tem tanto O Pai como O Filho”. II João 9.

  59. Porque está escrito: “Eu, João, irmão vosso e companheiro na tribulação, no reino e na perseverança, em Jesus, achei-me na ilha chamada Patmos, por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus”. Apoc. 1:9.

  60. Porque está escrito: “Bem-aventurado e santo é aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre esses a morte não tem autoridade; pelo contrário, serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com Ele os mil anos”. Apoc. 20:6.

  61. Porque está escrito: “Sabeis, pois, isto: nenhum incontinente ou impuro, ou avarento, que é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus”. Efésios 5:5.

  62. Porque está escrito: “Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR, o meu servo a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que sou eu mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá. Eu, Eu sou O SENHOR, e fora de Mim não há salvador”. Isaías 43:10 e 11.

  63. Porque está escrito: “Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes”. Gálatas 3:26 e 27.

  64. Porque está escrito: “Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado o Seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele”. I João 4:8 e 9.

  65. Porque Pedro disse: “A este Jesus, Deus ressuscitou, do que todos nós somos testemunhas. Exaltado pois à destra de Deus, tendo recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vedes e ouvis”. Atos 2:32 e 33. E Lucas, inspirado pelo Espírito Santo não pecou ao escrever dessa forma.

  66.             Porque está escrito em Atos 16:6 e 7: “E, percorrendo a região frígio-gálata, tendo sido impedidos pelo Espírito Santo de pregar a palavra na Ásia, defrontando Mísia, tentavam ir para Bitínia, mas o Espírito de Jesus não o permitiu”.

  67. Porque está escrito: “Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade; por isso, Deus, o Teu Deus, Te ungiu com o óleo de alegria como a nenhum dos Teus companheiros”. Hebreus 1:9. Deus é o Pai e o Deus de Jesus. Mas Jesus não é o Deus do Altíssimo. Jesus é filho do Altíssimo (ainda que tão ilimitado quanto Deus).

  68. Porque está escrito: “E assim, conhecendo o temor do Senhor, persuadimos os homens e somos cabalmente conhecidos por Deus; e espero que também a vossa consciência nos reconheça”. II Cor. 5:11.

  69. Porque está escrito: “O Senhor me possuía no início de sua obra, antes de suas obras mais antigas... Porque o que me acha, acha a vida e alcança favor do Senhor. Mas o que peca contra mim violenta a própria alma. Todos os que me aborrecem amam a morte”. Prov. 8:22 e 35 e 36.

  70. Porque está escrito: “E não somente fizeram como nós esperávamos, mas também deram-se a si mesmos primeiro ao Senhor, depois a nós, pela vontade de Deus”; II Cor. 8:5.

  71. Porque Paulo escreveu: “Porque eu, mediante a própria lei, morri para a lei, a fim de viver para Deus. Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. E esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pelo fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim”. Gal. 2: 19 e 20.

  72. Porque está escrito: “... e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo”. II Cor. 10:5.

  73. Porque está escrito: “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave”. Efésios 5:1 e 2.

  74. “Porque zelo por vós com zelo de Deus; visto que vos tenho preparado para vos apresentar como virgem pura a um só esposo, que é Cristo”. II Cor. 11:2.

  75. Porque está escrito: “Saúda-vos Epafras, que é dentre vós, servo de Cristo Jesus, o qual se esforça sobremaneira, continuamente, por vós nas orações, para que vos conserveis perfeitos e plenamente convictos em toda a vontade de Deus”. Col. 4:12.

  76. Porque está escrito: “Ora, o Senhor conduza o vosso coração ao amor de Deus e à constância de Cristo”. II Tess. 3:5.

  77. Porque está escrito: “Há muito, pensais que nos estamos desculpando convosco. Falamos em Cristo perante Deus, e tudo, ó amados, para a vossa edificação”. II Cor. 12:19.

  78. Porque está escrito: “Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo”. Gálatas 1:10.

  79. Porque está escrito: “E, quando vos entregarem, não cuideis em como ou o que haveis de falar, porque, naquela hora, vos será concedido o que haveis de dizer, visto que não sois vós o que falais, mas o Espírito de vosso Pai é quem fala em vós”. Mat. 10:19 e 20.

  80. Porque está escrito: “Não servindo à vista, como para agradar a homens, mas como servos de Cristo, fazendo, de coração, a vontade de Deus”; Efésios 6:6.

  81. Porque está escrito: “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades”. Fil. 4:19.

  82. Porque está escrito: “Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra; porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então vós também sereis manifestados com Ele, em glória”. Col. 3:1 a 3.

  83. Porque está escrito: “Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração. E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai”. Col. 3:16 e 17.

  84. Porque está escrito: “Suplicai, ao mesmo tempo, também por nós, para que Deus nos abra porta à palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo, pelo qual também estou algemado”. Col. 4:3.

  85. Porque está escrito: “Nasceu-lhe, pois, um filho varão, que há de reger todas as nações com cetro de ferro. E o seu filho foi arrebatado para Deus até ao Seu trono”. Apocalipse 12:5.

  86. Porque está escrito: “Conjuro-te, perante Deus, e Cristo Jesus, e os anjos eleitos, que guardes estes conselhos, sem prevenção, nada fazendo com parcialidade”. I Tim. 5:21.

  87. Porque está escrito: “Exorto-te, perante Deus, que preserva a vida de todas as coisas, e perante Cristo Jesus, que, diante de Pôncio Pilatos, fez a boa confissão, que guardes o mandato imaculado, irrepreensível, até à manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo; a qual, em suas épocas determinadas, há de ser revelada pelo bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores; o único que possui imortalidade, que habita em luz inacessível, a quem homem algum jamais viu, nem é capaz de ver. A Ele honra e poder eterno. Amém”! I Tim. 6:13 a 16.

  88. Porque está escrito: “Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, pela sua manifestação e pelo seu reino...” II Tim. 4:1.

  89. Porque está escrito: “Por isso, ponde de parte os princípio elementares da doutrina de Cristo, deixemo-nos levar para o que é perfeito, não lançando, de novo, a base do arrependimento de obras mortas e da fé em Deus...” Heb. 6:1.

  90. Porque está escrito: “olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus”. Heb. 12:2.

  91. Porque está escrito: “Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus, sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu nome”. Heb. 13:15.

  92. Porque está escrito: “Ora, o Deus da paz, que tornou a trazer dentre os mortos a Jesus, nosso Senhor, o grande Pastor das ovelhas, pelo sangue da eterna aliança...” Heb. 13:20.

  93. Porque está escrito: “... também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo”. I Pedro 2:5.

  94. Porque está escrito: “... a qual, figurando o batismo, agora também vos salva, não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo; o qual, depois de ir para o céu, está à destra de Deus, ficando-lhe subordinados anjos, e potestades, e poderes”. I Pedro 3:21 e 22.

  95. Porque está escrito: “E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé; e somos tidos por falsas testemunhas de Deus, porque temos asseverado contra Deus que Ele ressuscitou a Cristo, ao qual Ele não ressuscitou, se é certo que os mortos não ressuscitam. Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados”. I Cor. 15:14 a 17.

  96.             Porque Jesus disse: “O Pai, que me enviou, esse mesmo é o que tem dado testemunho de mim. Jamais tendes ouvido a sua voz, nem visto a sua forma”. João 5:37.

  97. Porque está escrito: “Ora, o Deus da paciência e da consolação vos conceda o mesmo sentir de uns para com os outros, segundo Cristo Jesus, para que concordemente e a uma voz glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”. Rom. 15:5 e 6.

  98. Porque Jesus disse: “Ao vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos”. Apoc. 3:5.

  99. Porque Paulo escreve, inspirado pelo Espírito de Deus: “Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem. Visto que a morte veio por um homem, também por um homem veio a ressurreição dos mortos. Porque, assim como, em Adão, todos morrem, assim também todos serão vivificados em Cristo. Cada um, porém por sua própria ordem: Cristo, as primícias; depois, os que são de Cristo, na sua vinda. E, então, virá o fim, quando ele entregar o reino ao Deus e Pai, quando houver destruído todo principado, bem como toda potestade e poder. Porque convém que ele reine até que haja posto todos os inimigos debaixo dos pés. O último inimigo a ser destruído é a morte. Porque todas as coisas sujeitou debaixo dos pés. E, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, certamente, exclui aquele que tudo lhe subordinou. Quando, porém todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, o próprio Filho também se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeito, para que Deus seja tudo em todos”. I Cor. 15:20 a 28. Jesus é tão ilimitado quanto Deus, mas a Bíblia não O apresenta no mesmo nível de igualdade com Deus.

  100. Porque Jesus não Se esqueceu de nenhuma outra pessoa quando disse: “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda”. João 15:1 e 2.

  101. Porque Jesus disse: “Se eu não tivesse feito entre eles tais obras, quais nenhum outro fez, pecado não teriam; mas agora, não somente têm eles visto, mas também odiado, tanto a mim como a meu Pai”. João 15:24.

  102. Porque nosso Salvador Jesus disse: “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também”. João 14:1 a 3.

  103. “E Jesus clamou, dizendo: Quem crê em mim, não em mim, mas naquele que me enviou. E quem me vê a mim vê aquele que me enviou. Eu vim como luz para o mundo, a fim de que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas... Porque eu não tenho falado por mim mesmo, mas o Pai, que me enviou, esse me tem prescrito o que dizer e o que anunciar. E sei que o seu mandamento é a vida eterna. As coisas, pois, que eu falo, como o Pai mo tem dito, assim falo”. João 12: 44, 45, 46, 49 e 50.

  104. Porque está escrito: “Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do Senhor prosperará nas suas mãos... Por isso, eu lhe darei muitos como a sua parte, e com os poderosos repartirá ele o despojo, porquanto derramou a sua alma na morte; foi contado com os transgressores, contudo, levou sobre si o pecado de muitos e pelos transgressores intercedeu”. Isaías 53:10 e 12.

  105. Porque Jesus falou: “Não que alguém tenha visto o Pai, salvo aquele que vem de Deus; este o tem visto”. João 6:46.

  106. Porque está escrito: “Vi outro anjo voando pelo meio do céu, tendo um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo, em grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas”. Apoc. 14:6 e 7. Lembre-se que Deus criou o universo mediante Jesus: “Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo”. Heb. 1:1 e 2.

  107. Porque Paulo escreveu: “Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão”. Gál. 2:21.

  108. Porque João escreveu: “A cidade não precisa nem do sol, nem da lua, para lhe darem claridade, pois a glória de Deus a iluminou, e o Cordeiro é a sua lâmpada”. Apoc. 21:23.

  109. Porque Jesus disse: “Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio de sua palavra; a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos; eu neles, e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que tu me enviaste e os amaste, como também amaste a mim”. João 17:20 a 23. Ao Jesus dizer sobre a unicidade primeira dEle com o Pai e depois a unicidade nossa com eles (Deus e Jesus), fica claro mais uma vez que Ele não excluiu o Espírito Santo e nem nos colocou acima do Santo Espírito (“...a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós...”).

  110. Porque está escrito: “Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos”. Rom. 8:29.

  111. Porque está escrito: “E entoavam o cântico de Moisés, servo de Deus, e o cântico do Cordeiro, dizendo: Grandes e admiráveis são as tuas obras, Senhor Deus, Todo-Poderoso! Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei das nações!” Apoc. 15:3.

  112. Porque Jesus disse: “Se eu julgo, o meu juízo é verdadeiro, porque não sou eu só, porém eu e aquele que me enviou”. João 8:16.

  113. Porque está escrito: “E, se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida, da cidade santa e das coisas que se acham escritas neste livro. Aquele que dá testemunho destas coisas diz: Certamente, venho sem demora. Amém! Vem, Senhor Jesus! A graça do Senhor Jesus seja com todos”. Apoc. 22:19 a 21.

  114. Porque Jesus afirmou: “Eu testifico de mim mesmo, e o Pai, que me enviou, também testifica de mim”. João 8:18

  115. “Então, vi, no meio do trono e dos quatro seres viventes, e entre os anciãos, de pé, um Cordeiro como tendo sido morto. Ele tinha sete chifres, bem como sete olhos, que são os sete Espíritos de Deus enviados por toda a terra. Veio, pois, e tomou o livro da mão direita daquele que estava sentado no trono; e, quando tomou o livro, os quatro seres viventes e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles uma harpa, e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos, e entoavam novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro e de abrir-lhes os selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste para Deus os que procedem de toda tribo, língua, povo e nação e para o nosso Deus os constituíste reino e sacerdotes e reinarão sobre a terra”. Apoc. 5:6 a 10.

  116. Porque está escrito: “Ninguém jamais viu a Deus; o Deus unigênito, que está no seio do Pai, é quem o revelou”. João 1:18. Jesus disse que: “Tudo me foi entregue por meu Pai. Ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar”. Mat. 11:27. Compreendendo que só o Pai conhece o Filho e só o Filho conhece o Pai, é possível entendermos claramente que Paulo não se refere a uma 3ª “pessoa” quando escreveu: “Mas Deus no-lo revelou pelo Espírito; porque o Espírito a todas as coisas perscruta, até mesmo as profundezas de Deus. Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o seu próprio espírito, que nele está? Assim também as coisas de Deus, ninguém as conhece, senão o Espírito de Deus. Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente. Disto também falamos, não em palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas ensinadas pelo Espírito, conferindo coisas espirituais com espirituais. Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente... Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós porém, temos a mente de Cristo”. I Cor. 2:10 a 14 e 16. Lembre-se: “Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu...” Apoc. 1:1(p.p.) e “Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”. Apoc. 3:21 e 22. Ou seja, Jesus é o único que conhece a Deus plenamente (“Eu e o Pai somos um”. João 10:30). E Ele é chamado de Espírito ou Espírito de Deus em vários lugares da Bíblia (Gên. 1:2, Rom. 8:26 e 27, Apoc. 3:21 e 22 +). Lembre-se que o Espírito no livro do Apocalipse é Jesus.

  117. Porque João escreveu no Apocalipse: “O sétimo anjo tocou a trombeta, e houve no céu grandes vozes, dizendo: o reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos”. Apoc. 11:15.

  118. Porque está escrito: “Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra". Filipenses 2:5-10. Diante disso entendemos melhor porque Pedro no livro de Atos diz que é para batizarmos apenas em nome de Jesus. Atos 3:8, 8:16, 10:48 e 19:5. Leia em Atos 19:5 que Paulo está presente em mais um batismo que aconteceu unicamente em nome de Jesus.

  119. Porque Jesus falou: "Ouviste que eu vos disse: Vou e volto para junto de vós. Se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai, pois o Pai é maior do que eu”. João 14:28. Lembre-se que Paulo escreveu que Deus é o cabeça de Cristo. I Cor. 11:3.

  120. Porque está escrito: "Então, os que estavam reunidos lhe perguntaram: Senhor, será este o tempo em que restaures o reino a Israel? Respondeu-lhes: Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela sua exclusiva autoridade". Atos 1:6 e 7.

  121. Porque Jesus disse: “Pois assim como o Pai ressuscita e vivifica os mortos, assim também o Filho vivifica aqueles a quem quer”. João 5:21.

  122. Jesus respondeu a Nicodemos: “... Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus (João 3:5). Nos versos 14 e 15 deste mesmo capítulo Jesus diz: ”E do modo por que Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do Homem seja levantado (v. 14), para todo o que nele crê tenha a vida eterna (v. 15) “. Lembre-se que Jesus disse que Ele é o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. João 14:6. Lembre-se também que Jesus muitas vezes ao falar dEle mesmo o faz de uma forma como se estivesse se referindo a outra pessoa e não a ele mesmo, conforme faz ao referir-se a Ele nos versos 14 e 15 do capítulo 3. Releia, por favor. Ou seja, Jesus estava falando dele mesmo ao dizer “... quem não nascer da água e do Espírito...” (João 3:5). Você viu anteriormente que em vários lugares da Bíblia Jesus é chamado de Espírito. Mas se você se esqueceu, leia, por exemplo, Apoc. 2:18, 28 e 29. E se você ainda tem alguma dúvida: “Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida”. I João 5:12.

  123. Porque está escrito: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, sem mácula, imarscecível, reservada nos céus para vós outros que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo”. I Pedro 1:3 a 5.

  124. Porque Mateus registrou: “Mas José, seu esposo, sendo justo e não a querendo infamar, resolveu deixá-la secretamente. Enquanto ponderava nestas coisas, eis que lhe apareceu, em sonho, um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo”. Mat. 1:19 e 20.

  125. Porque está escrito em Atos 5:17 a 20: “Levantando-se, porém, o sumo sacerdote e todos os que estavam com ele, isto é, a seita dos saduceus, tomaram-se de inveja, prenderam os apóstolos e os recolheram à prisão pública. Mas, de noite, um anjo do Senhor abriu as portas do cárcere e, conduzindo-os para fora, lhes disse: Ide e, apresentando-vos no templo, dizei ao povo todas as palavras desta Vida”.

  126. Porque Jesus disse: “Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. Mas aquele que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus”. Mat. 10:32 e 33.

  127. Porque está escrito: “Assim, meus irmãos, também vós morrestes relativamente à lei, por meio do corpo de Cristo, para pertencerdes a outro, a saber aquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que frutifiquemos para Deus”. Rom. 7:4.

  128. Porque Jesus disse: “E acrescentou: Em verdade, em verdade vos digo que vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem”. João 1:51.

  129. Porque Jesus também disse: “Quem, todavia lhe aceita o testemunho, por sua vez, certifica que Deus é verdadeiro. Pois o enviado de Deus fala as palavras dele, porque Deus não dá o Espírito por medida. O Pai ama ao Filho, e todas as coisas têm confiado às suas mãos”. João 3:33 a 35.

  130. Porque está escrito: “E os judeus perseguiam Jesus, porque fazia estas coisas no sábado. Mas ele lhes disse: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também”. João 5:16 e 17.

  131. Porque está escrito: “Então, lhes falou Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que o Filho nada pode fazer de si mesmo, senão somente aquilo que vir fazer o Pai. Porque tudo o que este fizer, o Filho também semelhantemente o faz”. João 5:19.

  132. Porque está escrito: “Se, pelo nome de Cristo, sois injuriados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus”. I Pedro 4:14. Caso tenha dúvida, leia em João 17:1 a 5 quem é o Espírito da glória de Deus.

  133. Porque está escrito: “antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor, com boa consciência, de modo que, naquilo em que falam contra vós outros, fiquem envergonhados os que difamam o vosso bom procedimento em Cristo, porque, se for da vontade de Deus, é melhor que sofrais por praticardes o que é bom do que praticando o mal”. I Pedro 3:15 a 17.

  134. Porque está escrito: “Porque não vos demos a conhecer o poder e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo seguindo fábulas engenhosamente inventadas, mas nós mesmos fomos testemunhas oculares da sua majestade, pois ele recebeu, da parte de Deus Pai, honra e glória, quando pela Glória Excelsa lhe foi enviada a seguinte voz: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo”. II Pedro 1:16 a 18.

  135. Porque Jesus disse: “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora”. João 6:37.

  136. Porque está escrito: “Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo; e ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro”. I João 2:1 e 2.

  137. Porque está escrito: “Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo. Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus”. I João 3:8 e 9.

  138. Porque Jesus disse: “Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia”. João 6:44.

  139. Porque está escrito: “E nós temos visto e testemunhamos que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo. Aquele que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele, em Deus”. I João 4:14 e 15.

  140. Porque Jesus disse: “Pai, a minha vontade é que onde eu estou, estejam também comigo os que me deste, para que vejam a minha glória que me conferiste, porque me amaste antes da fundação do mundo”. João 17:24.

  141. Porque Jesus disse: “Porque eu desci do céu, não para fazer a minha própria vontade, e sim a vontade daquele que me enviou. E a vontade de quem me enviou é esta: que nenhum eu perca de todos os que me deu. Pelo contrário, eu o ressuscitarei no último dia. De fato, a vontade de meu Pai é que todo homem que vir o Filho e nele crer tenha a vida eterna. E eu o ressuscitarei no último dia”. João 6:38 a 40.

  142. Porque Jesus disse: “Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto, todo aquele que da parte do Pai tem ouvido e aprendido, esse vem a mim”. João 6:45.

  143. “Replicou-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: não foi Moisés quem vos deu o pão do céu; o verdadeiro pão do céu é meu Pai quem vos dá. Porque o pão de Deus é o que desce do céu e dá vida ao mundo”. João 6:32 e 33. Para você não ter dúvida, quem é o Pão do Céu, lembre-se que Jesus disse: “... Eu sou o pão da vida; o quem vem a mim jamais terá fome. E o que crê em mim jamais terá sede”. João 6:35.

  144. Porque João escreveu no Apocalipse: “Ao anjo da igreja em Tiatira escreve: Estas coisas diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo e os pés semelhantes ao bronze polido:... Ao vencedor, que guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei autoridade sobre as nações, e com cetro de ferro as regerá e as reduzirá a pedaços como se fossem objetos de barro; assim como também eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei  ainda a estrela da manhã. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”. Apoc. 2:18 e 26 a 29.

  145. Porque Jesus disse: “Pai justo, o mundo não te conheceu; eu, porém, te conheci, e também estes compreenderam que tu me enviaste. Eu lhes fiz conhecer o teu nome e ainda o farei conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles, e eu neles esteja”. João 17:25 e 26.

  146. Porque Jesus disse: “a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste. Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos; eu neles, e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que tu me enviaste e os amaste, como também amaste a mim”. João 17:21 a 23.

  147. Porque está escrito: “Ora, a mensagem que, da parte dele, temos ouvido e vos anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há nele treva nenhuma. Se dissermos que mantemos comunhão com ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado”. I João 1:5 a 7.

  148. Porque está escrito (sobre Sansão): “Apareceu o Anjo do Senhor a esta mulher e lhe disse: Eis que és estéril e nunca tiveste filho; porém conceberás e darás à luz um filho... E o Espírito do Senhor passou a incitá-lo em Maané-Dã, entre Zorá e Estaol... Chegando ele a Lei, os filisteus lhe saíram ao encontro, jubilando; porém o Espírito do Senhor de tal maneira se apossou dele, que as cordas que tinha nos braços se tornaram como fios de linho queimados, e as suas amarraduras se desfizeram das suas mãos... Sansão clamou ao Senhor e disse: Senhor Deus, peço-te que te lembres de mim, e dá-me força só esta vez, ó Deus, para que me vingue dos filisteus, ao menos por um dos meus olhos”. Juízes 13:3, 25, 15:14 e 16:28.

  149. Porque está escrito: Digo, pois, que Cristo foi constituído ministro da circuncisão, em prol da verdade de Deus, para confirmar as promessas feitas aos nossos pais”. Rom. 15:8.

  150. Porque Jesus disse: “E aquele que me enviou está comigo, não me deixou só, porque eu faço sempre o que lhe agrada”. João 8:29. Lembre-se que quando Jesus disse isso, ele já tinha sido ungido com o E. S., conforme Atos 10:38.

  151. Porque está escrito: “Portanto, acolhei-vos uns aos outros, como também Cristo nos acolheu para a glória de Deus”. Rom. 15:7.

  152. Porque João escreveu no livro do Apocalipse: “Então, me falou o anjo: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E acrescentou: São estas as verdadeiras palavras de Deus”. Apoc. 19:9.

  153. Porque Jesus disse: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor”. Lucas 4:18 e 19. Lembre-se que Jesus não poderia ser ungido com uma pessoa, sendo Ele mesmo uma pessoa. Lembre-se também que se o E. S. fosse uma 3ª “pessoa” e tivesse personalidade, Jesus não teria dito “Eis que vem a hora e já é chegada, em que sereis dispersos, cada um para sua casa, e me deixareis só; contudo, não estou só, porque o Pai está comigo”. João 16:32.

  154. Porque está escrito: “Ah! Que temos nós contigo, Jesus Nazareno? Vieste para perder-nos? Bem sei quem és: o Santo de Deus! Mas Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te e sai deste homem. O demônio, depois de o ter lançado por terra no meio de todos, saiu dele sem lhe fazer mal”. Lucas 4:34 e 35. Os anjos caídos que já estiveram na presença de Deus, sabem quem é o Santo dEle: Jesus!

  155. Porque está escrito: “e disseram aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós e escondei-nos da face daquele que se assenta no trono e da ira do Cordeiro, porque chegou o grande Dia da ira deles; e quem é que pode suster-se”? Apoc. 6:16 e 17.

  156. Porque está escrito: “pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima”. Apoc. 7:17.

  157. Porque está escrito: “Quando o Cordeiro abriu o sétimo selo, houve silêncio no céu cerca de meia hora. Então, vi os sete anjos que se acham em pé diante de Deus, e lhes foram dadas sete trombetas”. Apoc. 8:1 e 2.

  158. Porque está escrito: “também esse beberá do vinho da cólera de Deus, preparado, sem mistura, do cálice da sua ira, e será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e na presença do Cordeiro”. Apoc. 14:10.

  159. Porque está escrito: “Então ouvi uma voz como de numerosa multidão, como de muitas águas e como de fortes trovões, dizendo: Aleluia! Pois reina o Senhor, nosso Deus, o Todo-Poderoso. Alegremo-nos, exultemos e demos-lhe a glória, porque são chegadas as bodas do Cordeiro, cuja esposa a si mesma já se ataviou”. Apoc. 19:7 e 8.

  160. Porque está escrito: “O Espírito do Senhor se apossará de ti, e profetizarás com eles e tu serás mudado em outro homem... Chegando eles a Gibeá, eis que um grupo de profetas lhes saiu ao encontro; o Espírito de Deus se apossou de Saul, e ele profetizou no meio deles”. I Samuel 10:6 e 10.

  161. Porque Jesus disse: “Porque o Pai ama ao Filho, e lhe mostra tudo o que faz, e maiores obras do que estas lhe mostrará, para que vos maravilheis. Pois assim como o Pai ressuscita e vivifica os mortos, assim também o Filho vivifica aqueles a quem quer. E o Pai a ninguém julga, mas ao Filho confiou todo julgamento, a fim de que todos honrem o Filho do modo porque honram o Pai. Quem não honra o Filho não honra o Pai que o enviou”. João 5:20 a 23.

  162. Os teólogos trinitarianos também gostam muito dos seguintes textos: 1º) “E, havendo discordância entre eles, despediram-se, dizendo Paulo estas palavras: Bem falou o Espírito Santo a vossos pais, por intermédio do profeta Isaías, quando disse: Vai a este povo e dize-lhe: De ouvido, ouvireis e não entendereis; vendo, vereis e não percebereis. Porquanto o coração deste povo se tornou endurecido; com os ouvidos ouviram tardiamente e fecharam os olhos, para que jamais vejam com os olhos, nem ouçam com os ouvidos, para que não entendam com o coração, e se convertam, e por mim sejam curados”. Atos 28:25 a 27. 2º) “Por isso, não podiam crer, porque Isaías disse ainda: Cegou-lhes os olhos e endureceu-lhes o coração, para que não vejam com os olhos, nem entendam com o coração, e se convertam, e sejam por mim curados. Isso disse Isaías porque viu a glória dele e falou a seu respeito”. João 12:39 a 41. Ao citarem essas passagens das Escrituras eles objetivam mostram que o Espírito Santo é uma pessoa, tem personalidade e ele está presente inclusive no Antigo Testamento. Mas veja o que João no Apocalipse explica: “Estas coisas diz aquele que tem os sete Espíritos de Deus e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives e estás morto”. Apoc. 3:1. O Apocalipse diz quem tem as sete estrelas: Jesus (Apoc. 1:16) e diz também quem são as sete estrelas: os anjos das sete igrejas (Apoc. 1:20). Leia também:“Disse-me ainda: Estas palavras são fiéis e verdadeiras. O Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas, enviou o seu anjo para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer”. Apoc. 22:6. E para você não ter dúvida quem é o Deus dos espíritos dos profetas, leia o verso 16 do mesmo capítulo 22: “Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas às igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a brilhante Estrela da manhã”.  Apoc. 22:16. Lembre-se que João (como Moisés e Paulo) chama Jesus de Espírito várias vezes no livro do Apocalipse, conforme você viu anteriormente. Logo, Paulo está referindo-se a Jesus quando escreveu: “... bem falou o Espírito Santo”, e não a um 3º deus.

  163. “Respondeu Jesus: Se eu me glorifico a mim mesmo, a minha glória nada é; quem me glorifica é meu Pai, o qual vós dizeis que é vosso Deus”. João 8:54.

  164. Porque Jesus disse: “Assim como meu Pai me confiou um reino, eu o confio a vós, para que comais e bebais a minha mesa no meu reino e vos assenteis sobre tronos para julgar as doze tribos de Israel”. Lucas 22:29 e 30. Jesus disse que teremos tronos. E o Apocalipse nomeia o trono de Deus e do Cordeiro (Apoc. 22:1 e 3 +) e dos 24 anciãos (Apoc. 4:4). E não está faltando nenhum trono.

  165. Disse Jesus: “Se alguém me serve, siga-me, e, onde eu estou, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, o Pai o honrará”. João 12:26.

  166. Porque está escrito no livro de Isaías: “No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo... Então, disse eu: ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos! Então, um dos serafins voou para mim, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; com a brasa tocou a minha boca e disse: Eis que ela tocou os teus lábios; a tua iniqüidade foi tirada, e perdoado, o teu pecado. Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim. Então, disse ele: Vai e dize a este povo: Ouvi, ouvi e não entendais; vede, vede, mas não percebais. Torna insensível o coração deste povo, endurece-lhe os ouvidos e fecha-lhe os olhos, para que não venha ele a ver com os olhos, a ouvir com os ouvidos e a entender com o coração, e se converta, e seja salvo”. Isaías 6:1, 5 a 10. No próprio livro do profeta Isaías está a resposta a quem se refere a frase “quem há de ir por nós”: “Todavia ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do Senhor prosperará em suas mãos”. Isaías 53:10. Ou seja, refere-se a Deus e a Jesus. E se você está com dúvida quem o profeta Isaías viu em sua visão, lembre-se que a Bíblia diz que “ninguém jamais viu a Deus; o Deus unigênito, que está no seio do Pai, é quem o revelou”. João 1:18. Ou seja, Isaías vê Jesus. E conforme você leu anteriormente, Paulo chama Jesus, que fala as palavras registradas por Isaías (especificamente Isaías 6:9 e 10), de Espírito Santo. Atos 28:25 a 27. Mais um texto da Bíblia onde Jesus é identificado como o Espírito Santo.

  167. “Porque Cristo não entrou em santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para comparecer, agora, por nós, diante de Deus”. Heb. 9:24

  168. Porque Jesus disse: “Quem me odeia odeia também a meu Pai”. João 15:23.

  169. Porque Pedro disse: “Sendo este entregue pelo determinado desígnio e presciência de Deus, vós o matastes, crucificando-o por mãos de iníquos; o qual, porém, Deus ressuscitou, rompendo os grilhões da morte; porquanto não era possível fosse ele retido por ela... A este Jesus Deus ressuscitou, do que todos nós somos testemunhas”. Atos 2:23, 24 e 32.

  170. Porque Pedro disse: “Dessarte, matastes o Autor da vida, a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, do que nós somos testemunhas”. Atos 3:15

  171. Porque Pedro disse: “Mas Deus, assim, cumpriu o que dantes anunciara por boca de todos os profetas: que o seu Cristo havia de padecer”. Atos 3:18.

  172. Porque Pedro disse: “Tendo Deus ressuscitado o seu Servo, enviou-o primeiramente a vós outros para vos abençoar, no sentido de que cada um se aparte das suas perversidades”. Atos 3:26.

  173. “Então, Pedro, cheio do Espírito Santo, lhes disse: Autoridades do povo e anciãos... tomais conhecimento, vós todos e todo o povo de Israel, de que, em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, a quem vós crucificastes, e a quem Deus ressuscitou dentre  os mortos, sim, em seu nome é que este está curado perante vós”. Atos 4:8 e 10.

  174. O Deus de nossos pais ressuscitou a Jesus, a quem vós matastes, pendurando-o num madeiro. Deus, porém, com a sua destra, o exaltou a Príncipe e Salvador, a fim de conceder a Israel o arrependimento e a remissão de pecados”. Atos 5:30 e 31.

  175. A este ressuscitou Deus no terceiro dia e concedeu que fosse manifesto”. Atos 10:40.

  176. “Depois de cumprirem tudo o que a respeito dele estava escrito, tirando-o do madeiro, puseram-no em um túmulo. Mas Deus o ressuscitou dentre os mortos”. Atos 13:29 e 30.

  177. “Ora, não levou Deus em conta os tempos da ignorância; agora, porém, notifica aos homens que todos, em toda parte, se arrependam; porquanto estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio de um varão que destinou e acreditou diante de todos, ressuscitando-o dentre os mortos”. Atos 17:30 e 31.

  178. “Deus ressuscitou o Senhor e também nos ressuscitará a nós pelo seu poder”. I Cor. 6:14.

  179. “Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele... e qual a suprema grandeza do seu poder para com os que cremos, segundo a eficácia da força do seu poder; o qual exerceu ele em Cristo, ressuscitando dentre os mortos e fazendo-o sentar à sua direita nos lugares celestiais”. Efésios 1:17, 19 e 20.

  180. “Paulo, servo de Jesus Cristo, chamado para ser apóstolo, separado para o evangelho de Deus, o qual foi por Deus, outrora, prometido por intermédio dos seus profetas nas Sagradas Escrituras, com respeito a seu Filho, o qual segundo a carne, veio da descendência de Davi, e foi designado Filho de Deus com poder, segundo o espírito de santidade pela ressurreição dos mortos, a saber, Jesus Cristo, nosso Senhor, por intermédio de quem viemos a receber graça e apostolado por amor do seu nome, para a obediência por fé, entre todos os gentios, de cujo número sois também vós, chamados para serdes de Jesus Cristo”. Rom. 1:1 a 6.

  181. “Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, - pela graça sois salvos, e juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus; para mostrar, nos séculos vindouros, a suprema riqueza da sua graça, em bondade para conosco, em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas”.  Efésios 2:4 a 10.

  182. Porque João escreveu no Apocalipse: “Então, veio um dos sete anjos que têm as sete taças cheias dos últimos sete flagelos e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro; e me transportou, em espírito, até a uma grande e elevada montanha e me mostrou a santa cidade, Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, a qual tem a glória de Deus. O seu fulgor era semelhante a uma pedra preciosíssima, como pedra de jaspe cristalina”. Apoc. 21:9 a 11.

 

 

Querido (a): há mais textos na Bíblia, a Palavra de Deus. Se Ele permitir, vamos continuar mostrando as riquezas desse grande tesouro dado a nós.

 

        Um abraço, do irmão,

 

       

Marcos Avellar do Nascimento

marcosavellar@ibest.com.br

 

RETORNAR